A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

01/07/2012 16:47

Paciente diz que após 11 dias internada, Unimed se recusa a pagar cirurgia

Viviane Oliveira

Há 2 meses a artesã Wilma da Silva Torres, de 36 anos, trava uma batalha para fazer uma cirurgia na coluna pelo plano de saúde da Unimed, porém a cirurgia, que segundo ela é a única solução para acabar com as fortes dores, foi negada duas vezes pelo convênio.

A paciente conta que há 9 meses sofreu um acidente de moto e fraturou uma das vértebras da coluna. De lá para cá Wilma vem fazendo tratamento com remédios, fisioterapia e faz uso de um colete de ferro, que segundo ela já emagreceu 14 quilos por causa do aparelho.

Devido às fortes dores que sente nas costas, o médico disse que ela precisa passar por uma cirurgia chamada de lombociatologia. “Em abril o médico havia solicitado a cirurgia e eles negaram alegando que primeiro eu deveria fazer tratamento com colete, fisioterapia e medicamentos”, disse.

Porém a dor não passou e o médico pediu para ela aguardar mais um mês que faria um novo pedido. Internada no Hospital da Unimed há 11 dias, Wilma ia fazer a cirurgia na próxima terça-feira (2), quando o médico disse que mais uma vez o plano havia negado o pedido.

“Hoje de manhã tive a pior notícia da minha, quando soube que pela segunda vez a Unimed indeferiu o procedimento cirúrgico”, lamenta.

De acordo com Wilma, para internar também foi uma burocracia. No primeiro dia, afirma, ficou em um quarto com quatro pessoas e somente no segundo dia é que foi transferida para um apartamento.

“Há 11 anos eu pago por esse plano de saúde e na hora que mais preciso não sou atendida”, reclama, acrescentando que já chegou a pagar R$ 521 por mês de plano de saúde.

Wilma disse que quer uma explicação e vai acionar a justiça contra a Unimed. “Eu vou processar o plano por danos morais e omissão de socorro. Como se não bastasse a dor que sinto, também estou abalada emocionalmente com está situação”, finaliza.

Procurada pela equipe do Campo Grande News a assessoria de imprensa da Unimed informou que por conta do expediente administrativo, uma posição oficial será dada apenas na segunda-feira (2).



Jaqueline Lopes pode me contatar no telefone 11 994643268 posso te ajudar.
tanto com auxílio Jurídico como todo tramite.
sou do Istituto Spalte Ortho www.spalteortho.com.br.
 
Elen Coutinho em 23/10/2013 17:04:26
Caso ainda esteja sofrendo com descaso relacionado a não cobertura de cirurgia , o Institutop Spalte Ortho presta acessoria gratuita com Advogados transporte e todo o necessário para sanar esse problema.
Sra Elaine Cristina . Wilma da silva Torres, Célio
segue meu telefone podem me ligar 11 994643268 qualquer caso de negação de convênio para cirurgia orthopédica por favor me contatem tenho como ajudar... dúvidas acessem www.spalteortho.com.br ou mandem email para elen@spalteortho.com.br
 
Elen Coutinho em 23/10/2013 17:01:57
Por favor Preciso de ajuda com advogados para dar entrada no processo para ater a cirurgia que é de direito meu!!
 
Jaqueline Lopes em 24/07/2013 20:29:49
Sou Jaqueline tenho 28 anos, há 7 meses tenho o diagnóstico de hernia de disco.Para sair da crise tomei medicamentos intravenoso Tramadol, dexa-citoneurim intramuscular, e agora tomando Lyrica que é um neuromodulador, a dor continua persistente apenas me fez sair da crise, entretanto passou a maior parte do tempo deitada para passar a dor. Então meu médico neurocirurgião, disse que iria fazer uma nucleotomia em mim, depois de todos os exames prontos para a cirurgia, a UNIMED Ceará indeferiu a cirurgia alegando que o procedimento é inovador, sendo que meu próprio médico já faz essa cirurgia a anos pela UNIMED Fortaleza e o Conselho de Medicina aprova sim essa cirurgia. O médico disse que eu entrasse com processo judicial e agora essa é minha única alternativa de conseguir os meus direitos.
 
Jaqueline Lopes em 24/07/2013 20:25:42
Esses são os planos de saúde... voce paga e paga, mas quando precisa utilizar??? fica sempre na pior. Eles não percebem que estão lidando com seres humanos, com a vida das pessoas. Quando será que isso vai acabar????
 
haroldo silveira em 02/07/2012 12:34:17
Eu não vou me calar diante meus direitos, obrigado Viviane pela matéria estou a disposição !
 
wilma da silva torres dias em 02/07/2012 07:56:24
Se alguém tiver alguma dúvida com relação a cobertura obrigatória dos convênios privados pode consultar o site da Agência Nacional de Saúde que atualiza e divulga as coberturas no rol em www.ans.com.br.
 
Juliana Herter em 02/07/2012 02:01:21
Eu agradeço em nome de todos aqui que estão me dando apoio e, quero também dizer que meu neuro-cirurgião Drº. Emerson Luiz de Souza fez todos os trametes necessário e solicitado pelo convênio UNIMED. Como disse não vou me calar diante de meus direitos, providências judiciais já sendo tomadas. Muito obrigado, é preciso não se calar diante esse descaso dos convênios.
 
wilma da silva torres dias em 02/07/2012 01:04:16
Sugiro que você procure seus direitos, no meu caso foi a única forma de cessar com as dores e garantir o tratamento adequado. Boa sorte e não desista.
 
Elaine Cristina em 01/07/2012 11:35:51
Há cinco anos tive o mesmo problema com a Unimed, depois de 4 meses indo e vindo tentando autorizar a cirurgia de artrodese (implantação de parafusos na coluna), o plano se recusou a pagar pelo material escolhido pelo médico como adequado ao meu problema. A única solução foi entrar na justiça contra a Unimed, o que me garantiu uma liminar que obrigou o plano a disponibilizar o material adequado.
 
Elaine Cristina em 01/07/2012 11:33:02
ISTO É UMA VERGONHA,ACIONE O MINISTERIO PÚBLICO.NÃO É ASSIM QUE A GENTE FAZ COM O SUS.EU NÃO TENHO O QUE RECLAMAR DO SUS NUNCA PASSEI POR UMA SITUAÇÃO IGUAL DA DONA WILMA COM O SUS,PODE ATÉ DEMORAR PARA SER ATENDIDO MAIS SAIMOS COM TUDO ENCAMINHADO.PELO MENOS NO SUS JÁ SABEMOS QUE VAI DEMORAR,JÁ PELO PLANO ESPERAMOS ATENDIMENTO IMEDIATO.
 
CELIO SILVA em 01/07/2012 05:47:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions