A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

04/06/2014 08:37

Após caçar assassinos de PM durante à noite, polícia não prende ninguém

Francisco Júnior
Um dos locais onde a Polícia fez busca ontem. (Foto: Cleber Gellio)Um dos locais onde a Polícia fez busca ontem. (Foto: Cleber Gellio)

Policiais militares e civis passaram a noite a procura dos assassinos do policial militar Rony Mayckon Varoni de Moura Silva, 28 anos, morto a tiros na tarde de ontem (3) na BR-262, no anel rodoviário na saída para Aquidauana.

De acordo com o delegado da Derf (Delegacia Especializada em Roubos e Furtos), Fabiano Nagata, responsável pela investigação, informou que durante a noite várias pessoas foram ouvidas na delegacia, mas nenhuma prisão foi efetuada.

Entre as pessoas ouvidas, está o policial que estava no carro com o PM morto no momento da ação dos bandidos. Ele não foi atingido por nenhum tiro.

Nagata não confirmou se os dois policiais estavam transportando um malote de dinheiro. A caça aos bandidos mobilizou um grande número de policiais, até um helicóptero foi usado.

Conforme as investigações, a vítima dirigia um veículo Saveiro quando ao passar pelo anel viário foi cercada por quatro homens em duas motos. Os bandidos fizeram vários disparos que acertaram Rony. Ele morreu no local.

Logo após o crime, as buscas se concentraram na região do bairro Parque do Sol e na favela Cidade de Deus, pois havia a suspeita de que os assassinos havia se escondidos nestes locais. Há suspeita de que um dos bandidos tenha ficado ferido.

Durante a buscas, três adolescente foram apreendidos ao serem flagrados com uma moto roubada.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions