A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/02/2012 19:35

Após episódios de violência, Guarda terá viatura específica para postos

Francisco Júnior

Veículo que fará rondas em unidades de saúde foi doado à Guarda pela Secretaria de Saúde

Viatura ficará exclusiva para fazer segurança nas unidade de saúde. (Foto: João Garrigó)Viatura ficará exclusiva para fazer segurança nas unidade de saúde. (Foto: João Garrigó)

A Guarda Municipal terá uma viatura exclusiva para fazer a segurança das unidades de saúde de Campo Grande. O veículo, um Gol, foi cedido pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). Incidentes de vandalismo e violência foram registrados nas unidades de saúde nos últimos meses.

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, coronel Luiz Altino do Nascimento, a viatura, entregue na tarde desta quinta-feira, será utilizada a partir da próxima semana. “Estamos trabalhando para melhorar a segurança nos postos”, afirmou.

Campo Grande tem 92 unidades de saúde e nove unidades 24 horas, sendo seis centros regionais e 3 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

Segundo o secretário de saúde, Leandro Mazina, ações de segurança nas unidades de segurança era uma reivindicação de médicos e funcionários que trabalham nestes locais. “Essa viatura atuará como um suporte de segurança”.

O comandante informou ainda que nas unidades que funcionam 24 horas o número de guardas que fazem a segurança foi ampliada de um para três guardas.

Incidentes - Na última segunda-feira (20), Rony Martins Gomes, 20 anos, foi preso após ter chutado e quebrado a porta de vidro da unidade de saúde do bairro Tiradentes.

Ele estava alterado e foi detido pela Guarda Municipal, sendo levado para a Depac/Piratininga. Ele foi autuado em flagrante por dano contra o patrimônio público e teve a fiança arbitrada em dois salários mínimos: R$ 1244.

Outro incidente, porém mais grave foi registrado no dia 4 de fevereiro na UPA do bairro Universitário. Após três pessoas terem sido baleadas na feira do Jardim Monumento, a unidade de saúde para onde elas foram levadas foi cenário de confusão. Funcionários e pacientes ficaram em pânico.

De acordo com relato de uma funcionária, após as vítimas dos disparos de tiros chegar ao local, um bando de rapazes com armas de fogo invadiu a unidade. Segundo ela, houve disparos de tiros, muita gente se jogou ao chão, trabalhadores se trancaram no banheiro e no chão ficaram manchas de sangue.



Colocando mais GM nos postos de Saúde será que vai melhorar o atendimento tbm,porque se um pai ou mãe chega com seu filho,ou ente querido,passando muito mal, ai o ''médico"olha,qdo olha e diz "É SÓ UMA VIRÓSE.! TOMA AÍ PARACETAMOL."Só paracetamol"e vira as costas,quem é q não entra em desespero?qdo vê que seu parente esta mal,e não socorrido?é preciso sim que sejam mais humanos com o povo carente.
 
Luciana Pereira de Sousa em 24/02/2012 12:31:50
Boa noite! Porque ao invés de tentar resolver um problema enorme providênciando apenas 1 viatura a Prefeitura de Campo Grande não convoca os inumeros Guardas Municipais que se formaram em Outubro, Novembro e Dezembro de 2011 que estão a meses a espera de ser chamado para atuar para a melhoria da população de Campo Grande e dar mais segurança nos postos de saude, Ceinfs, Orla Morena e ETC...
 
Erica Sousa Dias em 24/02/2012 12:22:28
ahhhhh!!!! não da pra entender porque que tudo que a guarda recebe é doação ??????
 
idimar aguirre em 24/02/2012 11:59:13
Parabéns à GM, pelo serviço que desempenha aliás, sem a estrutura necessária. Por outro lado, à população precisa de atendimento digno e os problemas gerados, são por falta deste, e não sendo capazes de resolver, nossos briosos políticos, usam a nobre GM contra a população desassistida. Agora me diga, o que um VTR Gol, acrescenta a um pai desesperado com um filho doente, mendingando atendimento?
 
valter antunes em 24/02/2012 10:21:34
... é uma boa iniciativa, mas a GM precisa de investimentos para melhor atuar.
 
juvenal aristedes em 24/02/2012 10:21:29
Olhem, vou falar uma coisa, não entendo o porque de uma capital depender sempre de doações para equipar a GM, não ter verba própria destinada para a segurança pública municipal é um absurdo, se o prefeito não tem vergonha desta situação, ficar sempre pedindo dinheiro de Brasília, pra melhorar a GM, e pra onde vai parar toda esta verba?! Agetran não é GM.
 
marcelo macie em 24/02/2012 10:16:22
Essa informação de que são três guardas não é verídica, muitas vezes no posto de saúde do Aero Rancho encontramos apenas um guarda de plantão. Isso não é nada, o pior é o risco que eles estão expostos, a guarda municipal tem muito o que melhorar...
 
Jessiele Lemes em 24/02/2012 09:46:29
oh que bom, será que a viatura esta com os pneus em bom estado senão estiver na primeira furada de pneu bay, bay a prefeitura faz pouco caso com a guarda municipal...
 
afonso barbosa de sousa em 23/02/2012 11:51:08
Que vergonha,somente uma vtr para cuidar de 92 unidades. ainda velha.me desculpe se estiver errado senhor Prefeito. aqui não é nenhum distrito e sim uma grande Capital do Mato grosso do Sul. Já pensou se essa matéria chegar no noticiario nacional.
 
Amilton Almeida em 23/02/2012 10:42:24
eles poderiam ser mais educados com o cidadão de bem,fui ao posto na segunda feira e demorei 4 horas para minha esposa que esta gestante ser atendida.Quando deu 18:00 horas eles pararam tudo para trocar o plantão,e eu cidadão que pago meu imposto fico com cara de trouxa!!!
 
tiago medeiros em 23/02/2012 09:58:28
Trabalho no 24 do Copavilla, e apenas 1 plantao é 2 GMS, nos outros 2 plantoes é apenas 2 GMs. e tem posto 24hrs que é apenas 1Gm
 
Renato Oliveira em 23/02/2012 08:22:41
CONCORDO QUE ESTA AÇÃO SEJA PARA PROTEGER TODAS AS PESSOAS QUE FREQUENTÃO OS POSTOS DE SAUDE DE NOSSA CAPITAL , E NÃO PARA TORNAR ALGUNS FUNCIONARIOS DA SAUDE EM ARROGANTES E MAL EDUCADOS COMO JA CANSEI DE PRESENCIAR.
 
ÉTILA GUEDES em 23/02/2012 08:13:44
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions