ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEGUNDA  26    CAMPO GRANDE 28º

Capital

Após episódios de violência, Guarda terá viatura específica para postos

Francisco Júnior | 23/02/2012 19:35

Veículo que fará rondas em unidades de saúde foi doado à Guarda pela Secretaria de Saúde

Viatura ficará exclusiva para fazer segurança nas unidade de saúde. (Foto: João Garrigó)
Viatura ficará exclusiva para fazer segurança nas unidade de saúde. (Foto: João Garrigó)

A Guarda Municipal terá uma viatura exclusiva para fazer a segurança das unidades de saúde de Campo Grande. O veículo, um Gol, foi cedido pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). Incidentes de vandalismo e violência foram registrados nas unidades de saúde nos últimos meses.

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, coronel Luiz Altino do Nascimento, a viatura, entregue na tarde desta quinta-feira, será utilizada a partir da próxima semana. “Estamos trabalhando para melhorar a segurança nos postos”, afirmou.

Campo Grande tem 92 unidades de saúde e nove unidades 24 horas, sendo seis centros regionais e 3 UPAs (Unidades de Pronto Atendimento).

Segundo o secretário de saúde, Leandro Mazina, ações de segurança nas unidades de segurança era uma reivindicação de médicos e funcionários que trabalham nestes locais. “Essa viatura atuará como um suporte de segurança”.

O comandante informou ainda que nas unidades que funcionam 24 horas o número de guardas que fazem a segurança foi ampliada de um para três guardas.

Incidentes - Na última segunda-feira (20), Rony Martins Gomes, 20 anos, foi preso após ter chutado e quebrado a porta de vidro da unidade de saúde do bairro Tiradentes.

Ele estava alterado e foi detido pela Guarda Municipal, sendo levado para a Depac/Piratininga. Ele foi autuado em flagrante por dano contra o patrimônio público e teve a fiança arbitrada em dois salários mínimos: R$ 1244.

Outro incidente, porém mais grave foi registrado no dia 4 de fevereiro na UPA do bairro Universitário. Após três pessoas terem sido baleadas na feira do Jardim Monumento, a unidade de saúde para onde elas foram levadas foi cenário de confusão. Funcionários e pacientes ficaram em pânico.

De acordo com relato de uma funcionária, após as vítimas dos disparos de tiros chegar ao local, um bando de rapazes com armas de fogo invadiu a unidade. Segundo ela, houve disparos de tiros, muita gente se jogou ao chão, trabalhadores se trancaram no banheiro e no chão ficaram manchas de sangue.

Nos siga no Google Notícias