A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 10 de Dezembro de 2017

27/10/2015 09:12

Após matar homem a facadas, pai e filho roubaram R$ 607 de credor

Viviane Oliveira
Ontem, em Campo Grande, foram registrados dois homicídios em 60 minutos. (Foto: Marcos Ermínio) Ontem, em Campo Grande, foram registrados dois homicídios em 60 minutos. (Foto: Marcos Ermínio)

Depois de matar a golpes de faca, César Augusto da Silva Melo, 27 anos, Pai e filho, João Jorge Godoi, 47, e Fábio Adão Godoi, 28, roubaram cerca de R$ 607 da vítima. O caso aconteceu por volta das 16h de ontem (26), na Rua Abrão Anache, no Jardim Anache, em Campo Grande. Fábio foi preso em flagrante e vai responder por latrocínio, roubo seguido de morte.

Conforme boletim de ocorrência, César foi ao bar, que pertence a João, cobrar uma dívida, houve discussão e pai e filho mataram a vítima. Depois do crime, os dois fugiram do local. No estabelecimento, foi apreendido duas facas com sangue, uma pasta preta contendo várias cobranças, cheques, documentos da vítima e uma moto CG Fan 150.

Testemunhas contaram à polícia, que Fábio segurou César e joão o esfaqueou. Fábio chegou a ser ferido pelo próprio pai na mão e coxa esquerda. Em rondas, Fábio foi preso na Rua Lino Vilacha, próximo a Rua Elias Catan. João ainda não foi localizado.

Homem, que ainda não foi identificado, foi baleado no Bairro Guanandi e morreu no posto de saúde. (Foto: Gerson Walber)Homem, que ainda não foi identificado, foi baleado no Bairro Guanandi e morreu no posto de saúde. (Foto: Gerson Walber)

Fábio relatou que só segurou a vítima, porém ao chegar na delegacia mudou a versão dizendo que tentou defender César, o empurrando para escapar das facadas do pai. Ele contou ainda que depois do homicídio, João pegou parte do dinheiro e a outra metade, R$ 607, ficou com ele, que colocou o valor no bolso de uma bermuda e escondeu em um terreno baldio na Rua Faride George com a Rua Manche Catan David.

Ontem, foram registrados dois assassinatos em 60 minutos na Capital. Um homem que ainda não foi identificado, morreu após ser alvejado por motociclista na Rua Graúna, Bairro Guanandi, em Campo Grande. Ele chegou a ser socorrido, mas morreu no posto de saúde. Moradores relataram que o homem pode ser um andarilho, que apareceu há três dias na região. O crime ocorreu na frente de uma casa abandonada.

Violência - De acordo com a Sejusp (Secretaria do Estado de Justiça e Segurança Pública), de janeiro até agora, foram registrados 83 homicídios dolosos, quando há intenção de matar, somente em Campo Grande. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram 117 assassinatos, teve queda de 29%. No entanto, neste mês já foram seis homicídios na Capital. Durante todo o ano passado, foram 594 assassinatos no Estado.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions