ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, TERÇA  18    CAMPO GRANDE 32º

Capital

Após temporal, 67 bairros de Campo Grande ainda continuam "no escuro"

Temporal destelhou casas, derrubou dezenas de árvores e causou prejuízos

Por Dayene Paz | 15/10/2021 12:24
Dezenas de árvores caíram e danificaram fios de energia. (Foto: Direto das Ruas)
Dezenas de árvores caíram e danificaram fios de energia. (Foto: Direto das Ruas)

Após temporal nesta quinta-feira (15), que destelhou casas e derrubou dezenas de árvores em Mato Grosso do Sul, 67 bairros de Campo Grande ficaram, e continuam nesta sexta-feira (15), sem energia elétrica. A concessionária que administra o fornecimento de energia, a Energisa, afirmou que trabalha para restabelecer o serviço.

De acordo com a empresa, a combinação de chuva, com descargas atmosféricas e um elevado número de objetos lançados na rede elétrica por causa do vendaval, causou interrupção no fornecimento de energia para grande parte dos clientes na área urbana e rural.

A Energisa afirma que está trabalhando em modo contingência - quando mais equipes são acionadas para restabelecer a energia para os clientes. Ainda explica que são priorizados os atendimentos a hospitais e unidades de saúde e acidentes graves que provoquem maiores impactos na rede.

As equipes percorrem os circuitos e fazem os reparos em vários pontos da rede, como cabos que foram partidos por árvores, lonas, telhas, antenas, torres e postes.

Somente ontem, foram registradas em MS aproximadamente 550 mil descargas atmosféricas. Noventa e dois postes precisaram ser trocados e a cidade de Angélica lidera as ocorrências com 13 postes de distribuição danificados. Já na Capital, até agora, foram 11 estruturas substituídas, seguida de Novo Horizonte do Sul e Sonora com nove, e ainda no ranking, Bonito, Nova Andradina e Dourados, com quatro postes atingidos, cada.

Falta de luz - Na Capital, as ocorrências estão concentradas nos bairros: Jardim São Conrado, Vila Popular, Santo Amaro, Jardim Leblon, Nova Lima, Portal Caiobá, Vila Nasser, Parque Residencial Rita Vieira, Vila Nova Campo Grande, Núcleo Industrial Indubrasil, Tiradentes, Vila Sobrinho, Jardim Tijuca, Vila Piratininga, Jardim Panama, Parque dos Novos Estados, Santa Fé, Guanandi, Caiçara, Vila Santo Antonio, Mata do Segredo, Centro, Chácara das Mansões, São Francisco, Vila Taveirópolis, Alves Pereira, Jardim Batistão, Jardim Centro Oeste, Universitário, Carandá Bosque, Jardim Noroeste, Vila Vilas Boas, Vila Jacy, Amambai, Cruzeiro, Jardim Bela Vista, Jardim Parati, Conjunto Aero Rancho, Chácara Cachoeira, Jardim Centenário, Jardim Veraneio, Vila Carlota, Jardim Autonomista, Chácara dos Poderes, Conj. Habitacional Estrela Dalva, Maria Aparecida Pedrossian, Jardim dos Estados, Parque do Lageado, Parque Residencial União, Vila Bandeirante, Coronel Antonino, Moreninha, Jardim Los Angeles, Monte Castelo, Vila Albuquerque, Anhanduí, Jardim São Lourenço, Pioneiros, Vila Gloria, Coophavila Ii, Itanhangá Park, Jardim Monte Líbano, Jardim São Bento, Jardim Seminário, Jardim TV Morena, Jardim Jockey Club e Jardim Tarumã.

Caso falte energia é recomendável que o consumidor entre em contato com a Energisa através do call center 0800 722 7272 ou canais digitais da concessionária, whatsApp (Gisa): (67) 9 9980-0698 e aplicativo Energisa On (disponível no Google Play ou App Store do celular).

A Energisa diz que 70% dos clientes tiveram a energia normalizada até o início da manhã desta sexta.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário