A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/12/2017 17:30

Após tiroteio, polícia fala em enquadrar golpistas por tentativa de homicídio

Motorista, que estava com duas pessoas em Chevrolet Cruz, invadiu a contramão da rua 13 de Maio e colidiu em pelo menos 2 veículos; para delegado, manobra colocou vidas em risco

Anahi Gurgel e Humberto Marques
Condutor do Chevrolet Cruz teria colocado a vida de motoristas e pedestres em risco, avalia delegado. (Foto: Anahi Gurgel)Condutor do Chevrolet Cruz teria colocado a vida de motoristas e pedestres em risco, avalia delegado. (Foto: Anahi Gurgel)

Além da acusação de estelionato, pela participação em golpes que se valiam de documentos falsos para contratar empréstimos em instituições financeiras, a Polícia Civil avaliar denunciar por tentativa de homicídio o condutor do Chevrolet Cruze que invadiu a contramão da rua 13 de Maio, no cruzamento com a avenida Afonso Pena, na tarde desta terça-feira (5). A manobra foi tomada durante tentativa de fuga de um trio acusado de participar de uma quadrilha que vinha aplicando golpes em Dourados e Campo Grande.

A informação partiu do delegado Enílton Zalla, da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Piratininga, segundo quem a denúncia por tentativa de homicídio seria possível porque, na fuga, o motorista “colocou a vida de pedestres e motoristas em perigo, por invadir a contramão [da 13 de Maio]”.

Durante a tentativa de fuga, o veículo colidiu em pelo menos dois automóveis –um Fiat Palio, ocupado apenas por um motorista, e um Ford Fiesta. Neste último, o Cruze colidiu no lado do passageiro, onde estava um idoso.

A identidade dos acusados de estelionato não havia sido divulgada até o fechamento desta matéria. No Cruze (verde, placas FED-1587, de Campo Grande), foram encontrados, além de roupas e sapatos, carteira de habilitação, cartões de banco e outros documentos falsos. O caso será investigado pela 1ª Delegacia de Polícia Civil de Campo Grande, que vai apurar a extensão dos golpes aplicados pela suposta quadrilha.

Alerta – A ação chamou a atenção no Centro de Campo Grande. Conforme as autoridades, policiais civis de Dourados alertaram que estelionatários investigados na região estariam agindo no Centro da Capital no início da tarde.

O GOI (Grupo de Operações e Investigações) enviou equipe à região central, recebendo a informação de que uma mulher tentara contrair um empréstimo de R$ 35 mil em uma instituição financeira valendo-se de documentos falsos. Do montante, ela ficaria com R$ 7 mil, ainda segundo informações oficiais.

Na sequência, policiais flagraram o Cruze usado pelo trio. Ao tentarem abordar seus ocupantes, o motorista jogou o veículo sobre os investigadores, arrancou e fugiu pela Afonso Pena, virando a direita na rua 13 de Maio –invadindo a preferencial.

O carro com os fugitivos teve um pneu atingido por tiro disparado pela polícia. O motorista ainda tentou fugir correndo, mas foi alcançado e preso. O mesmo ocorreu com a mulher que teria tentado fechar o empréstimo. Uma terceira pessoa deixou o carro carregando um notebook, entregue depois por populares aos policiais.

Os três ocupantes do Cruze foram entregues à Polícia Civil, em meio a protestos de populares –conforme testemunhas relataram ao Campo Grande News, a ação de estelionatários que atuam de forma semelhante é conhecida por empresários e funcionários de comércios na região central da Capital. Além de encontrarem documentos falsos e peças de vestuário no automóvel, os policiais constataram que o mesmo tinha sinais de adulteração.

Mulher presa durante tumulto na região Central.Mulher presa durante tumulto na região Central.


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions