A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

10/01/2014 09:20

Após um ano sem morte em MS, toxoplasmose faz a 1ª vítima

Aliny Mary Dias
Caso de Jéssika ganhou repercussão depois de postagem de namorado (Foto: Reprodução/Facebook)Caso de Jéssika ganhou repercussão depois de postagem de namorado (Foto: Reprodução/Facebook)

Diferente de anos anteriores, 2013 não registrou nenhuma morte causada pela toxoplasmose, conhecida como "doença do gato". No entanto, a enfermidade causou a primeira morte de 2014 ontem (9), no Hospital Universitário.

A jovem de 22 anos, Jéssika Sakamoto, que estava internada com suspeita de toxoplasmose cerebral teve morte cerebral irreversível. O caso de Jéssika ganhou repercussão depois que o namorado dela publicou vários pedidos de ajuda no Facebook. Alguns pedidos tiveram mais de 2 mil compartilhamentos.

Segundo os relatos de Bruno Ewerton Gomes, a jovem passou mal depois de uma viagem de avião e foi internada no dia 31 de dezembro. No início, os médicos encontraram um edema no cérebro da jovem.

Poucos dias depois dos primeiros exames, a toxoplasmose cerebral foi diagnosticada. Conforme o Hospital Universitário, a toxoplasmose evoluiu porque a jovem tinha uma outra doença sem cura e que houve opção da família em não tratá-la.

Entre os pedidos de ajuda de Everton, a maioria deles era para encontrar um especialista neuro infectologista para tratar de Jéssika.

Conforme o último relato de Bruno, a jovem teve a morte cerebral confirmada ontem no Hospital Universitário. Ele postou a seguinte mensagem: "Hj eu passo com muita dor pra dizer q minha princesa foi pro ceu..eu tentei muito amo pra sempre vc amor obrigado por fazer parte da minha vida desculpa por nao conseguir".

O namorado de Jéssika chegou a organizar uma manifestação ontem à tarde na Praça do Rádio Clube para chamar a atenção das autoridades sobre o caso da jovem.

Números - Segundo os dados do SIM (Sistema sobre Mortalidade) da SES (Secretaria de Estado de Saúde), Mato Grosso do Sul não havia registrado nenhuma morte em decorrência da toxoplasmose no ano passado.

A última morte ocorreu em 2012 quando uma criança que tinha entre 5 a 9 anos não resistiu à doença e morreu. Outras três pessoas morreram em 2011 e 2010, todas tinham entre 40 e 49 anos.

Doença – Também conhecida como doença do gato, a toxoplasmose é causada por um protozoário que é transmitido aos humanos através do consumo de carne de animais como bovinos, suínos e cabras. Outro meio da transmissão da doença é a urina dos gatos e felinos.

A melhor maneira de evitar a doença é não ter contato com as fezes ou urinas de gatos. Cozinhar e ferver as carnes antes do consumo são alternativas para matar os protozoários, caso o animal esteja infectado.

(Matéria alterada às 10h30 para atualização de informação)



FIQUEI MUITO TRISTE E COM MEDO TBM ,POIS TAMBÉM TENHO UM GATO ,MAS Q DEUS CONFORTE O CORAÇÃO DE VCS DA FAMILIA E AMIGOS
 
Phamela Cristina Pereira de Souza em 14/01/2014 15:00:05
Sei a dor que esta família está sentindo. Em janeiro de 2008, minha filha caçula, Caroline Machado Spinouli Silva, também faleceu vítima da mesma doença.
No caso dela, o virus se alojou atras do globo ocular esquerdo. Foi detectado em maio de 2007 e no dia 4 de janeiro de 2008 ela faleceu.
Minha mae tinha vários gatos "vadios", sem vacinação nenhuma.
Como eu morava desde 2003 com minha mãe, minhas filhas iam lá pra me visitar.
A mais velha, como tem bronquite, eu quase nao levava. Mas a caçula ia quase todo fim de semana. E ela mexia e brincava com os gatos.
Havia, nos fundos da casa de minha mae, plantaçao de tudo quanto tipo de verdura, voce pode imaginar.
Tenho certeza que ela pegou por causa destas verduras mal lavadas.
Que Deus conforte esta familia.
 
Genaro Spinouli Silva em 11/01/2014 10:41:04
Olá, lamento a morte da jovem.
Reitero os comentários que afirmam que a toxoplasmose é principalmente transmitida para o ser humano através de carnes (especialmente suína e ovina) mal-cozidas. Além disso, gostaria de informar ao redator desta matéria que a toxoplasmose não é transmitida pela urina de gatos, como afirma o trecho "Doença – Também conhecida como doença do gato, a toxoplasmose é causada por um protozoário que é transmitido aos humanos através do consumo de carne de animais como bovinos, suínos e cabras. Outro meio da transmissão da doença é a urina dos gatos e felinos.
A melhor maneira de evitar a doença é não ter contato com as fezes ou urinas de gatos. Cozinhar e ferver as carnes antes do consumo são alternativas para matar os protozoários, caso o animal esteja infectado."
 
JANA KELLY SANTOS em 10/01/2014 22:42:18
Morte cerebral irreversível? E por acaso tem morte cerebral reversível? O diagnóstico de morte encefálica é definitivo,é apenas uma questão de tempo para q se desenrole como é esperado. Quanto às informações divulgadas pelo HU, estão certas. A neurotoxoplasmose exerceu efeito de compressão, como um tumor, por isso citaram o edema cerebral. Não foi por falta de especialista que esta jovem deixou a vida tão cedo, foi por negação da própria doença! A mãe já divulgou que Jessika estava com HIV e se recusava a tratar. Não foi uma opção da família, e sim dela! E não há neuroinfectologista, nem aqui, nem em qualquer outro lugar! A abordagem no caso dela é da especialidade da infecto, da neurologia, dos plantonistas e residentes (são médicos também, viu?) que estão todos os dias lá.
 
Vanessa Silva em 10/01/2014 21:36:58
É triste perder alguem querido e tão jovem ,por uma doença que em 99% dos casos não se torna tão agressiva .a familia informa uma outra doença ,porem não querem tornar público que doença é porem imaginamos que pela gravidade da doença poderia ser :Aids ou outra doença auto imune como Lupus ,mas demonstro minha solidariedade a essa familia enlutada que Deus os conforte.
 
leontino dias da cunha em 10/01/2014 21:27:32
Procurei saber o que é A toxoplasmose cerebral, realmente ela é transmitida de carnes bovinas, suinas e atraves de gatos, porém, ela se manisfesta principalmente nesta área do corpo a quem possui o vírus HIV, é uma doença oportuna no o sistema imunologico da pessoa já está debilitado. Foi o que eu pesquisei, não seu médica.
 
Taynara A Silva em 10/01/2014 15:43:07
Eu já fui diagnosticada com Toxoplasmose, e perdi uma gravidez por isso, mas colocar a culpa principalmente nos gatos não é certo nem justo. Fui contaminada por ingerir alimentos crus ou mal passados, como churrasco mal passado e comida oriental. Não lavar corretamente alimentos frescos também é um grande risco para contaminação. Tive e tenho gatos e saber a diferença entre tratar bem um animal e dar colo, encher de beijos e permitir que ele se deite na cama, no sofá, etc, é outra. Essa doença acarreta vários males, mas não podemos culpar o coitado do gato.
 
Cris Vitoretti em 10/01/2014 14:59:36
Lamento a morte de uma moça ainda tão jovem. Eu não sabia que a Toxo afetava o cérebro achei que fosse só os olhos e o figado. Minha filha tem Toxo , e ela ficou com uma mancha no olho o médico disse que é uma cicatriz que fica para sempre.
 
Landa pereira em 10/01/2014 14:57:42
TOXOPLASMOSE

O Mito Sobre O Gato
Apenas 1% dos gatinhos transmite a toxoplasmose e, para isso, eles precisam estar doentes e, principalmente, na fase de eliminação dos oocistos. O gatinho contrai o toxoplasma quando come carne crua ou mal passada ou, ainda, se ele comer insetos, ratos, lagartixas que contenham cistos do protozoário. É importante saber que adquirir toxoplasmose de gatos é muito raro e o animalzinho não é a principal fonte de transmissão.

Geralmente, o gato que contraiu toxoplasmose, irá eliminar os oocistos (“ovinhos” do toxoplasma) apenas uma única vez e por apenas 15 dias durante toda a sua vida. Esta eliminação ocorre 10 dias após o gatinho ter sido infectado. Para que você se contamine com o toxoplasma, você precisa comer a forma infectante, que nada mais são que os ovinhos germinados presentes nas fezes do gato contaminado. Ou seja, você precisa que as fezes do gato tenham contato com sua boca. E tem mais, as fezes do gato infectado precisam ter contato com sua boca depois de 48 horas que o gato tenha defecado, caso contrário, os “ovinhos não germinam” e o ciclo não se completa!

Vale lembrar que os gatos são animais extremamente limpos. Eles têm o habito de enterrar seus dejetos e se limpar várias vezes ao dia. Estudos mostram que é impossível você contrair toxoplasmose beijando ou acariciando seu gatinho. Portanto, fique tranqüila! Seu gatinho não lhe representa nenhum perigo! Ahhhh, já estava esquecendo, não se contrai toxoplasmose através da lambida, mordida ou arranhões de gato.

Como Você Realmente se Infecta

As principais formas de contaminação ocorrem pela ingestão de carne crua ou mal passada e pela ingestão de legumes, verduras e frutas mal lavadas.

Não é a toa que a maior concentração de pessoas positivas para toxoplasmose do mundo está em Erechim/RS (onde o consumo de carne de porco é enorme). Depois de Erechim, podemos citar Portugal, onde é extremamente comum o consumo de embutidos.

A OMS estima que 50 a 60% da população mundial adulta está infectada com toxoplasmose. Isso se deve ao fato de terem tido contato com o toxoplasma. Não quer dizer que essas pessoas estão doentes. Elas apenas possuem anticorpos contra a doença. O problema ocorre em pessoas que estão fraquinhas (com o sistema imune deprimido). Nestes casos, os sintomas da toxoplasmose podem aparecer. Em pessoas saudáveis geralmente os sintomas não aparecem ou passam desapercebidos. Outra situação delicada é quando uma mulher nunca teve contato com o toxoplasma (soronegativa para toxoplasmose) e engravida. Principalmente, durante os 3 primeiros meses de gestação, se a mamãe se infectar e não tiver o tratamento adequado, pode ocorrer a transmissão do toxoplasma para o feto, acarretando problemas para ele. Portanto, se você é soropositiva e está grávida, não precisa se preocupar. Agora, se você é soronegativa, basta ter alguns cuidados, como veremos a seguir...

Cuidados gerais
- Lave as mãos antes de comer ou beber;
- Lave as mãos após a manipulação de carne e alimentos;
- Não tome leite sem antes fervê-lo;
- Não tome água de origem desconhecida;
- Não coma carne crua ou mal passada e nem verdura, legumes e frutas mal lavados;
- Não coma embutidos não fiscalizados, de procedência duvidosa;
- Use luvas ao limpar a caixa sanitária de gatos e/ou quando for mexer com jardinagem;
- Se você for vegetariano, já não precisa se preocupar com carnes cruas ou mal passadas, mas tenha muita atenção nas frutas, legumes e verduras bem lavadas.

Cuidados com o gatinho
- Não o alimente com carne crua ou mal passada;
- Limpe a caixa sanitária 2x ao dia;
- Desinfete a caixa sanitária e a pá com água fervendo por 5 minutos diariamente (se o gatinho estiver doente);
- Evite que seu gatinho tenha acesso à rua (assim evita que ele cace ratinhos, baratas, lagartixas ou então que ele coma alimentos duvidosos);
- Mantenha seu gatinho vacinado e vermifugado;
- Leve seu gatinho frequentemente ao veterinário.

Cuidados com outros animais
- Estoque alimentos e ração adequadamente evitando o acesso de insetos (insetos podem “carregar” o oocisto esporulado até a ração. Se o animal ingerir a ração contaminada ele irá se infectar com o toxoplasma).

(Dra. Gabriela Toledo, Médica Veterinária, CRMV-SP 28.659, Presidente da PEA
 
Denilce Olartechea em 10/01/2014 14:29:08
Concordo que muito se fala sem saber sobre a doença que tem o malfadado sinônimo de "doença do gato". Informem-se antes de sairem replicando o que lêm e ouvem. Cerca de 1/3 da população mundial tem a doença, mas o próprio organismo cria contra ela anticorpos, a doença só é letal em pessoas que possuam alguma doença autoimune como AIDS ou Lupus. Outrop dado importante é que ela pode ser transmitida por diversos tipos de mamífero (inclusive humanos) e pássaros, mas a fonte de contaminação mais comum é, como a maioria de outras doenças do tipo, pela simples falta de higiene ao lavar frutas ou verduras ou na preparação de carnes. LEIAM: http://www.wspabrasil.org/trabalhoWSPA/Caesegatos/controlededoencas/toxoplasmose/, http://www.zoonoses.agrarias.ufpr.br/?page_id=52,
 
Everton Teixeira em 10/01/2014 14:15:39
meus sentimento para a familia....
 
marcia estival da silva em 10/01/2014 14:02:48
A Jéssika Sakamoto não morreu, vcs da mídia estão publicando notas falsas desde ontem. Quando a familia viu sobre o falecimento dela ontem entrou em desespero isso não se faz!!!
Vcs estão colocando isso sem saber da familia só a familia para dar esclarecimentos, procurem apurar os fatos veridicos antes de postarem o que não sabem..... A Jéssika esta viva e a esperança é a última que morre....
A familia principalmente a mãe pede pra vcs pararem com esse fatos mentirosos, a familia pede paz!
 
Gabriela Sakamoto em 10/01/2014 13:44:27
Meus sentimentos ao namorado e á toda a família desta jovem.
Sobre a toxoplasmose, deveriam informar mais acerca da doença e seus transmissores e não popularizá-la como "doença do gato" uma vez que os cistos do protozoário Toxoplasma gondii ocorrem nos tecidos dos animais homeotérmicos (principalmente dos ratos e pássaros), estando inclusos nesta lista também os suínos, caprinos, aves e demais animais silvestres. O gato torna-se hospedeiro quando ingere os cistos que estão nos tecidos dos animais homeotérmicos e, passa a eliminar nas fezes por um período de quinze dias os oocistos não esporulados, sendo que provavelmente esta será a unica vez durante a vida que esse gato irá eliminar os oocistos não esporulados.
Concordo com o que disse a Patricia Cáceres de Freitas... A ignorância mata!
 
Audiene Santos em 10/01/2014 13:36:51
Uma pena, uma moça tão jovem cheia de vida...grande perda mesmo, Que Deus conforte o coração de seus familiares e do seu esposo, pq no meio de tanta violência contra as mulheres, ele mostrou quanto amor sentia por ela, lutando até o fim ao seu lado... grande guerreiro!
 
Patricia Botan em 10/01/2014 13:33:44
Concordo com a Patricia Cáceres de Freitas... os bichinhos não tem culpa nenhuma!
 
karina munhoz em 10/01/2014 13:32:26
Sugiro ao jornal que seja feita uma reportagem sobre a doença, com entrevistas com oftalmologistas, infectologistas e quem mais puder passar informações sobre a toxo à população. Tenho certeza de que seria de enorme utilidade passar tais informações, sobretudo frente à morte de alguém tão jovem.
 
Ana Carolina Asato Camargo em 10/01/2014 13:32:21
Infelizmente a toxoplasmose ainda é uma doença cujas causas e efeitos são pouco divulgadas. Pode, sim, causar a morte - como aconteceu com essa jovem -, mas há outros efeitos, como o retardo mental, baixa visão e cegueira. Tenho toxoplasmose congênita, o que me permitiu ter cerca de 10% de visão no olho direito e 30 % no esquerdo. Há alguns anos também tive um ataque de toxoplasmose, que quase me levou a óbito, mas graças a Deus fui tratada por excelentes oftalmologistas (Dr. Claudio e Dra. Mariza Shinzato) e por um infectologista que, salvo engano, já faleceu: Dr. José Maria.
Não necessariamente é preciso ter gatos para contrair a doença, embora o bichano seja o transmissor mais comum. Minha mãe não tinha qualquer animal de estimação quando contraiu a doença, durante minha gestação.
 
Ana Carolina Asato Camargo em 10/01/2014 13:30:23
Triste ver jovens assim partirem tão cedo, porque será que a família não a tratou do outro problema relatado na reportagem? Bem enfim que esteja em paz a moça. Mas não podemos deixar de esclarecer que as causas de mais de 90% dos casos de contaminação por toxoplasmose ao contrário do que insistem em dizer é aquela hora em que se chega apressado do supermercado, passa uma "aguinha" no tomate, alface e faz a salada, ou naquele restaurante ou mesmo no churrasco do final de semana se pede aquela picanha "sangrando", beber aquela copada de leite recém tirado da vaquinha, ainda quentinho etc essas são as maiores causas de contaminação.
 
Ana Gonçalves em 10/01/2014 13:21:08
QUE DEUS EM SUA INFINITA BONDADE CONFORTE O NAMORADO DA JÉSSIKA E TODA SUA FAMÍLIA .... MENINA LINDA E EDUCADA , MINHA FILHA CHOROU MUITO ONTEM POIS FORAM AMIGAS NA ADOLESCÊNCIA .....QUE DEUS ILUMINE SUA PASSAGEM ATÉ ESTAR AO LADO DE DEUS......MEUS SENTIMENTOS A FAMILIA DA JESSIKA.
 
mary martins carneiro cruz em 10/01/2014 13:16:22
Há três maneiras de se contrair o protozoário causador da toxoplasmose:

1) A mais comum é a ingestão de carne – crua ou mal cozida, contendo cistos do protozoário. especialmente carne de porco, cordeiro e carne de veado. Ingestão acidental do parasita depois de manusear carne contaminada, e não lavar as mãos cuidadosamente. O consumo de leite cru, não pasteurizado, com presença de taquizoítos uma outra forma do parasito também consiste em uma fonte possível de infecção. Queijos preparados com leite não pasteurizado podem transmitir a doença. Comer alimentos que foram contaminados por facas, utensílios, tábuas de corte.

2) A forma mais grave de infecção é a transmissão transplacentária a mãe transmite a doença para seu bebê durante a gravidez. Nesta forma de infecção, podem ocorrer malformações fetais e aborto.

3) Através da ingestão de oocistos esporulados forma que o protozoário adquire no meio ambiente presentes nas fezes de um gato infectado. Ou seja: é preciso ingerir acidentalmente fezes contaminadas de gatos. Isto pode ocorrer através do consumo de verduras e legumes mal lavados ou pelo hábito de levar a mão à boca sem antes lavá-la, sobretudo após a prática de jardinagem ou outras formas de manipular terra e areia.
 
Grasi Alves da Silva em 10/01/2014 13:16:08
isso quer dizer que minha filha corre o risco de morrer tambem?oque eu faço, meu deus.
 
luciana ferraz em 10/01/2014 13:01:55
"Conforme o Hospital Universitário, a toxoplasmose evoluiu porque a jovem tinha uma outra doença sem cura e que houve opção da família em não tratá-la."

Qual outra doença?? Não pode falar?? Estranho.
 
Taynara A Silva em 10/01/2014 12:59:30
Mas li agora no facebook do Bruno Ewerton esposo dela, que ela não morreu, que os jornais eletronicos estão dando a notícia errada!! Ela esta ou não viva? Nossa tudo isso é muito triste :(
 
Priscila Bittencourt em 10/01/2014 12:56:56
lamentavél acompanhei o sofrimento do namorado pelo face.. compartilhei um link dele pedindo ajuda, mais não a erros nos planos de DEUS. deixo aqui meu profundo sentimento a familia da jovem. descanse em paz. Jéssika Sakamoto.
 
marlei correa em 10/01/2014 12:43:53
A Toxoplasmose é uma zoonose cosmopolita, causada por protozoário. Apresenta quadro clínico variado, desde infecção assintomática a manifestações sistêmicas extremamente graves (BRASIL, 2010, p.404). De acordo com o mesmo autor (2010), a doença pode se manifestar de diversas formas:
> Toxoplasmose febril aguda;
>Linfadenite toxoplásmica;
>Toxoplasmose ocular
>Toxoplasmose neonatal;
>Toxoplasmose no paciente imunodeprimido;
>Toxoplasmose e gravidez.

MODOS DE TRANSMISSÃO:

> Ingestão de oocistos provenientes do solo, areia, latas de lixo contaminados com fezes de gatos infectados;
>Ingestão de carne crua ou mal cozida, INFECTADA com cistos;
>Infecção transplacentária.

Referência:

BRASIL. Ministério da Saúde. Doenças infecciosas e parasitárias: guia de bolso. 8 ed. rev. Brasília: MS
 
Thais Stroppa em 10/01/2014 12:29:44
Que deus conforte o coraçao de toda a familia e desse rapaz que fez de tudo para salvar sua namorada.
 
elissandra pavao moreno em 10/01/2014 12:17:39
Descanse em paz Jéssika,agora ela está nos braços do pai.Meus pêsames a família,uma linda moça que pede a vida é muito triste!!!!
 
Débora Dias em 10/01/2014 11:57:11
Triste ver uma jovem perder a vida, no início da plenitude de sua existência, sobretudo quando se trata de um mal que pode ser evitado com campanhas educativas de mudança de comportamento e profiláticas (no caso do manuseio das carnes) em que o incentivo à higiene e a um pequeno distanciamento dos animais domésticos no convívio diário para evitar um comportamento, na minha opinião, inocentemente promíscuo, em que crianças beijam o focinho ou bico dos animais, como se fossem seus brinquedos.
Indicado por uma amiga, o falecido médico Pedro Nango Dobashi, doutor em pneumologia e professor do curso de Medicina, foi quem me diagnosticou no Hospital Universitário e me prescreveu um tratamento eficaz, 18 anos atrás. Acredito que Campo Grande tenha profissionais qualificados para o seu tratamento.
 
Ahmad Schabib Hany em 10/01/2014 11:45:41
A toxoplasmose ainda é uma doença desconhecida, e ainda há controvérsia com relação ao contágio. Eu não tinha cachorro nem gato, tive uma infecção no olho direito que foi tratado com pomadas, melhorou mas eu perdi 70% do olho. Bem mais tarde, depois de um aborto, é que foi diagnosticada a toxoplasmose. Então, qualquer infecção no olho, precisa ser verificada. Nem sempre é conjuntivite, como me diagnosticavam.
 
Terezinha Pompeo em 10/01/2014 11:36:08
quando se fala de saude e difcil de se colocar nos comentarios. pois a saude em nosso estado esta precária,politicos querendo tirar cargo um do outro esquece que quem colocou eles la esta pedindo socorro. nâo sabemos mais o que fazer, alguem,autoridade que estiver lendo estas mensagens.solicitamos,ajuda para que pessoas como essa joven linda cheia de vida nâo morram por falta de recurso na saude do nosso estado e em outro.Que Deus os abençoe.

 
cleide martins em 10/01/2014 11:07:22
A ignorância mata!!!! A toxoplasmose é transmitida através da fezes e urina de gatos até 4 meses de idade somente.... a maneira mais comum de contagio é a ingestão de carne mal cozida... então se você tiver contato com qualquer animal, não necessariamente o gato o mínimo que se espera é uma higiene mínima... LAVAR BEM AS MÃOS. Só isso... afinal a infecção é através da ingestão das fezes e urina... e isso se dá em alimentos mal lavados e a falta de higiene mínima... então senhores o Gato é o coitado que vira vilão pela negligência e ignorância das pessoas.... Então vamos ingerir alimentos bem lavados e cozidos... É isso que se espera de pessoas bem informadas e civilizadas, porque sabemos que carne mal passada transmite doenças, não só a toxoplasma, mas também tuberculose, brucelose...
 
Patricia Cáceres de Freitas em 10/01/2014 10:48:15
Sua dor é compartilhada comigo e minha esposa vimos seu esforça para salva-la e digo que um dia vocês dois andaram juntos no paraíso
 
márcio barreto coelho em 10/01/2014 10:45:26
TEM QUE ENTRAR NUM ACORDO, O HU TÁ FALANDO QUE FOI MORTE POR EDEMA CEREBRAL E NÃO POR TOXOPLASMOSE.
 
maximiliano nahas em 10/01/2014 10:37:01
a sua historia de amor e luta por ela comoveu a muitos. e agora na tristeza de hj que Deus o ilumine e conforte a todos os familiares.
 
rhode de figueiredo rocha em 10/01/2014 10:32:15
Meus pessames, eu vi a sua luta e sei que ela agora descansa paz nos braços do pai!!
 
cristiane campos em 10/01/2014 10:28:44
Eu vi as mensagem do namorado dela pelo face de todos , eu achei o gesto dele bonito. O amor que vc tinha por ela era muito lindo e ainda é. Porque agora ela está no seu coração agora e virou seu anjo da guarda Bruno, meus sentimentos a você. Sua namorada não aguentou porque ela estava sofrendo pela a dor se era pra ser sera. Mais que agora com toda a oração para ela agora descansa em paz. Que Deus ilumine agora por ela , q ela está no paraiso do céu com o senhor. Se vai consegui supera Bruno. Fiquei triste por ela te ido ,eu não a conheço mais fiquei triste por tu , pq achei lindo a sua declaração você fez a ela , pedindo ajuda das pessoas. Mais meus sentimentos. Estarei aqui rezando por ela descansa em paz.
 
Francielle Dias Ferreira em 10/01/2014 10:23:16
NÃO OCORRE TRANSMISSÃO DA DOENÇA ATRAVÉS DO CONTATO COM A URINA DE FELINOS. A TRANSMISSÃO SÓ ACONTECE PELO CONSUMO DE CARNE ANIMAL CONTAMINADA MAL COZIDA OU PELO CONTATO COM AS FEZES DE FELINOS PORTADORES DA DOENÇA.
 
Otávio Tanus em 10/01/2014 10:20:44
Vale lembrar que existem formas de toxoplasmose que não levam à morte.
Eu, por exemplo, tenho toxoplasmose congênita e, que atacou somente a visão, me deixando com apenas 10% no olho direito e 90% no olho esquerdo. Mas tenho uma vida normal - claro, sempre fazendo exames para controle e, quando ocorre alguma alteração nos exames entro com a medicação correspondente e fica tudo bem novamente.
 
Nadia Santos em 10/01/2014 10:01:47
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions