A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

04/04/2016 08:45

Aquário do Pantanal terá 20 mil peixes e prevê museu interativo

Obra está sendo retomada nesta segunda-feira

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Aquário do Pantanal, em Campo Grande. Obra recomeça nesta segunda-feira (4). (Foto: Fernando Antunes)Aquário do Pantanal, em Campo Grande. Obra recomeça nesta segunda-feira (4). (Foto: Fernando Antunes)

O governo de Mato Grosso do Sul deve adquirir 13 mil peixes que vão compor o Aquário do Pantanal, somando na entrega da obra 20 mil animais. A construção, parada há quase nove meses, é reativa nesta segunda-feira (4), durante ato solene que acontece neste momento no canteiro de obra, localizado no Parque das Nações Indígenas, em Campo Grande. A promessa é de conclusão em 14 meses.

Segundo o secretário da Semade (Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico)Jaime Elias Verruck, somente esta pasta estadual é responsável de 30 a 40 contratos em relação à obra. A composição dos peixes, por exemplo, é um deles. Verruck afirmou que hoje estão disponíveis na PMA (Polícia Militar Ambiental) 7,1 mil peixes “em boas condições”. Como a obra demorou muito para ser concluída e a gestão estadual anterior adquiriu os peixes antes disso, muitas espécies acabaram morrendo.

Agora, ainda conforme explica o secretário, o projeto é esperar um mês do reinício da obra para promover um cronograma de aquisição de novos peixes. A intenção é que o Aquário seja aberto para visitação com 20 mil animais. Além da nova compra, o governo ainda espera receber doação e capturar peixes.

Outro projeto da Semade, que hoje já tem R$ 5 milhões disponíveis, de um projeto total de R$ 15 milhões, é um museu interativo dentro do Aquário. Segundo o secretário, o espaço tecnológico contará com 180 estações e nelas serão divulgadas características do Estado, como o bioma do Cerrado. O projeto é fruto de convênio do Executivo Estadual com a Petrobras, explicou Verruck, já fechado em 2014.

Nesta manhã, a solenidade incluirá discurso na frente do empreendimento, com o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB), e posterior visita às dependências do Aquário. O combinado entre a Egelte e o governo é que a empresa vai arcar com todos os serviços feitos que foram deteriorados durante o tempo em que a obra ficou fechada. O restante da construção será bancado pelo Executivo Estadual por meio de aditivos ainda não definidos.

Secretário estadual de Meio Ambiente, Jaime Verruck (Foto: Fernando Antunes)Secretário estadual de Meio Ambiente, Jaime Verruck (Foto: Fernando Antunes)
Governador, Reinaldo Azambuja, ao lado do arquiteto Ruy Othake, no anúncio oficial de retomada de obras, nesta manhã (Foto: Fernando Antunes)Governador, Reinaldo Azambuja, ao lado do arquiteto Ruy Othake, no anúncio oficial de retomada de obras, nesta manhã (Foto: Fernando Antunes)
Eventos de Natal, inauguração de igreja e obras interditam 9 ruas na Capital
A Agetran (Agência Municial de Transporte e Trânsito) informa que pelo menos 9 ruas terão o tráfego impedido neste domingo (17) em Campo Grande. O fe...
Bandidos armados com faca usam carro prata para assaltar vítimas
Dois homens armados com faca em um carro prata - com placas HTI-8594 - assaltaram ao menos duas vítimas, na madrugada deste domingo (17), no Bairro C...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions