A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

06/03/2013 22:54

Árvore cai e morador pede que Prefeitura arque com prejuízos

Helton Verão
Seu José diz não tem condições de reconstruir a garagem (Foto: Marcos Ermínio)Seu José diz não tem condições de reconstruir a garagem (Foto: Marcos Ermínio)

Um morador da rua Porto Novo, no bairro Nova Bahia, teve a garagem de casa destruída por uma árvore da espécie Flamboyant, que caiu na tarde de terça-feira. Indignado, ele quer que a Prefeitura Municipal arque com prejuízo.

O senhor José Robertto Ferreira, de 58 anos, argumenta que entrou em contato com diversos setores da prefeitura para avisar que o Flamboyant corria risco de cair, mas não obteve sucesso. “Liguei lá por mais de um ano avisando que podia cair ou pelo menos que me dessem autorização para cortar ela, mas nunca me atenderam”, reclama o pedreiro.

Segundo Ferreira, ele não tem condições de arcar com a reconstrução da garagem e que existe outra árvore da mesma espécie em sua calçada também que corre risco de ir ao chão também. “Desde que mudei para cá, há 30 anos elas já estavam aqui. Cortaram as raízes delas para fazer calçada e meio fio, com o tempo elas cresceram de volta e estão arrebentando com tudo”, conta o pedreiro.

 

Morador espera que Semadur retire o que sobrou da árvore do local(Foto: Marcos Ermínio)Morador espera que Semadur retire o que sobrou da árvore do local(Foto: Marcos Ermínio)

Foi necessário o trabalho do Corpo de Bombeiros para retirar os galhos e troncos do local. José diz que agora espera a Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano) para que sejam retirados os restos da árvore da frente de residência.

A equipe do Campo Grande News entrou em contato com a assessoria da Prefeitura Municipal, que prometeu avaliar o caso do morador do Nova Bahia. Casos semelhantes ao de seu José podem ser registrados através do número 156, que é o contato de atendimento ao público da prefeitura.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Diga-se de passagem que a cidade está um lixo. E isso acontece faz tempo...Onde estão os fiscais para intimar os proprietários a construírem calçadas decentes. Durante a noite, as árvores sem nenhuma poda, tornam as ruas escuras, pois encobrem as lâmpadas. Por onde anda o prefeito que até agora não arregaçou as mangas para o trabalho?
 
nilza caruso em 07/03/2013 20:37:22
A Prefeitura tem responsabilidade sim. O morador deve ingressar com um processo por danos materiais. Somente assim tem chance de ser ressarcido pelos prejuízos.
 
Janete Maciel em 07/03/2013 19:50:36
Este fato aconteceu também na casa dos meus pais! Só que quem teve que arcar tudo o prejuizo foram meus pais mesmo! Se não do jeito que a Prefeitura é marcha lenta, até hoje o quintal da casa deles iam ficar sem segurança.
É lamentavel, espero que o dono da casa consiga o ressarcimento.
 
Cristiane de Lima Martins em 07/03/2013 17:48:25
A prefeitura é incrivelmente omissa no assunto poda/corte de árvores. Quando se tem em frente de casa uma árvore prestes a cair, ou mesmo totalmente danificada por cupins ou velha, não há quem convensa a prefeitura a cortá-la. O cidadão fica refém do dano iminente e não pode fazer nada. O plano de arborização não é respeitado. Há árvores de grande porte, que de forma nenhuma poderia estar plantada em uma calçada, preste a causar uma desgraça e a prefeitura, mesmo quando solicitada, não autoriza a retirada. Vou mais longe: em Campo Grande adotou-se a postura de assassinar árvores. É só ver as notícias de envenenamento do Jatobá que fica perto da escola Paulo Freire; da poda radical de uma árvore em uma rotatória. A Prefeitura de Campo Grande é culpada pela aversão às árvores em nossa cidade
 
otacilio Lauders da Silva em 07/03/2013 13:51:22
Tirei umas fotos da árvore no momento em que ela caiu, foi algo assustador. Moro um pouco distante do local, era como estivesse vindo abaixo uma residencia..
 
Francisco Marques da Silva em 07/03/2013 09:32:03
Eu venho pedir encarecidamente ao Campo Grande News que va até o bairro vila lobos II faça uma matéria referente ao espaço que pertence a prefeitura que nunca foram limpar se não fosse os moradores la só teria mato mas chega, hoje o mato ta comendo solto, tem rato, mosquito da dengue porque o pessoal ta jogando lixo, fica bem no meio do condominio que hoje é da financial mas dizem que a área que era p/ lazer é da prefeitura, por favor deem um pula lá.
 
ary nogueira em 07/03/2013 09:29:29
pode ser que a Prefeitura irá solucionar esse caso a favor desse senhor, até agora não fez nada, eu moro no bairro Vivendas do Bosque e minha grama do lado de fora que pertence aos cuidados da Prefeitura da para onça se esconder!!!!!!!!!!!!!
 
ilma matos em 06/03/2013 23:23:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions