A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 16 de Outubro de 2019

12/09/2019 17:46

Ataque de abelhas faz duas vítimas e rua é interditada no Tiradentes

Adolescente e idoso foram picados e tiveram de ser encaminhados para unidade de saúde

Tainá Jara e Aletheya Alves
Trecho de Rua Oceania, onde ocorreu o ataque de abelhas, teve de ser interditado pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Aletheya Alves)Trecho de Rua Oceania, onde ocorreu o ataque de abelhas, teve de ser interditado pelo Corpo de Bombeiros (Foto: Aletheya Alves)

Duas pessoas foram atacadas por abelhas por volta das 16h30 desta quinta-feira, no bairro Tiradentes. As vítimas, uma adolescente e um idoso de 68 anos, estavam na Rua Oceania, entre as ruas José Nogueira e Nilo, trecho interditado pelo Corpo de Bombeiros.

Conforme testemunhas, a menina estava andando de bicicleta quando vários insetos foram para cima dela. “Ela caiu e começou a gritar”, relatou o Jairo Oliveira, de 42 anos, que estava numa igreja próximo ao local quando houve o ataque.

Ele e uma mulher, que passavam pelo local, ajudaram a retirá-la do meio do enxame. A adolescente levou mais de 20 ferruadas. O idoso estava em um comércio da região e foi atacado quando saiu do local para saber o que estava acontecendo.

De acordo com o tenente Rodrigo Ferreira Campos, a grande concentração de abelhas em área urbana nesta época do ano é comum. O calor e as queimadas na área rural contribuem para sua migração para as cidades.

Como os insetos estavam muito espalhados, os bombeiros tiveram dificuldade para solucionar o problema. “Não tem como fazer o extermínio porque elas não estão focalizadas num lugar”, afirmou o tenente. Diante disto, as pessoas foram afastadas do local e chamas foram utilizadas na tentativa de dispersas as abelhas.

O Corpo de Bombeiros foi acionado e interditou o espaço. As vítimas foram encaminhadas conscientes para o CRS (Centro Regional de Saúde) do Tiradentes.

Outros casos - Nos últimos 15 dias, pelo menos dois ataques de abelha foram registrados em Campo Grande. No final de agosto, enxame de abelhas atacaram pessoas em frente a supermercado localizado,na Rua Antônio Maria Coelho.Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e Corpo de Bombeiros tiveram de ser acionados. Uma das vítimas levou cerca de 50 picadas.

Na semana passada, cavalos ficaram feridos após ataque de abelhas, em um rancho localizado na Avenida Três Barras, no bairro Rita Vieira. Apavorados, os animais chegaram a quebrar a cocheira do lugar na tentativa de escapar das picadas.

No interior, Julio Cesar Del Valle Yoyi, de 44 anos, morreu depois de ser atacado por um enxame de abelhas em Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia na fronteira com Ponta Porã, a cerca de 323 quilômetros da Capital.

 

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions