ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SEXTA  19    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Bairros com maior incidência de dengue serão fiscalizados por drones

Última ação foi realizada no Bairro Parati em uma área de 125 hectares

Por Izabela Cavalcanti | 24/02/2024 15:47
Servidor da Semadur direcionando drone para sobrevoar em terrenos baldios de Campo Grande (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)
Servidor da Semadur direcionando drone para sobrevoar em terrenos baldios de Campo Grande (Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Grande)

A Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana) tem utilizado drones para mapear e fiscalizar terrenos baldios nas regiões de Campo Grande com maior incidência de casos de dengue, zika e chykungunia.

Na sexta-feira (23), a ação foi realizada no Bairro Parati, localizado na Região Anhanduizinho. Foi possível sobrevoar por cerca de 2h30 em uma área de 1.254.735 mil m² (ou 125 hectares), compreendendo todo o bairro. Por lá, foram 66 quadras verificadas.

Antes disso, no dia 16 de fevereiro, também foi realizado no Bairro Vivendas do Parque, localizado na Região do Bandeira. Foi sobrevoado área de 890 mil m² (89 hectares), sendo 55 quadras monitoradas pelos drones.

A secretária municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Kátia Sarturi, enfatiza a importância do uso da tecnologia para identificar possíveis criadouros do aedes aegypti, transmissor dessas doenças.

“Com a utilização dos drones temos a oportunidade de identificar potenciais criadouros de mosquitos em áreas que seriam de difícil acesso, ficam totalmente acessíveis para identificação”, pontuou.

Depois de identificados esses locais, as imagens obtidas são encaminhadas para análise dos auditores fiscais, e depois o proprietário é notificado para realizar a manutenção do imóvel.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias