ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 26º

Interior

MS é o 1º a iniciar vacinação em larga escala contra a dengue em terra indígena

Moradores das aldeias da Reserva Indígena de Dourados fizeram fila à espera de vacina

Por Cassia Modena | 24/02/2024 11:28
Indígenas da Reserva de Dourados fazem fila para serem vacinados contra a dengue, em escola (Foto: Divulgação/Prefeitura de Dourados)
Indígenas da Reserva de Dourados fazem fila para serem vacinados contra a dengue, em escola (Foto: Divulgação/Prefeitura de Dourados)

Dourados começou, neste sábado (24), a primeira ação de vacinação em larga escala contra a dengue dentro de um território indígena no País. As primeiras doses do imunizante Qdenga, que previne casos graves da doença, são aplicadas na Reserva Indígena do município desde as 8h.

Cerca de 200 pessoas formavam fila antes do horário previsto para início, segundo acompanhou o coordenador municipal de imunização, Edvan Marcelo Marques. A meta é vacinar 16 mil indígenas de 4 a 59 anos, público elegível para receber a vacina conforme os critérios aprovados pelo Ministério da Saúde.

Neste primeiro dia, as vacinas são aplicadas no pátio da Escola Municipal Indígena Tengatuí. A ação vai até as 15h. Nos demais dias, haverá imunização nos postos de saúde para os indígenas.

Autorização - O município, que também foi o primeiro do Brasil a oferecer vacina contra a dengue em grande escala, começou a imunizar a população que vive fora dos territórios indígenas em 3 de janeiro. Até o momento, foram aplicadas 29 mil doses das 150 mil previstas.

Para avançar com a aplicação em terras indígenas, era preciso autorização do Governo Federal, segundo explica Edvan. Ela foi dada na semana passada e, assim, foi possível organizar a ação.

A Reserva - Ainda de acordo com o coordenador de imunização, estima-se 20 mil pessoas vivendo na Reserva Indígena de Dourados atualmente.

O território é dividido entre as aldeias Jaguapiru e Bororó. Vivem nelas indígenas das etnias Terena, Kaiowá e Guarani.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias