A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

14/10/2013 13:55

Bebê que "ressuscitou" após ser dado como morto morre no hospital

Mariana Lopes
Um dos menores bebês a sobreviver no País teve falência múltipla dos órgãosUm dos menores bebês a sobreviver no País teve falência múltipla dos órgãos

Com 25 dias internado no Hospital Universitário, o bebê, que nasceu com 25 centímetros e 450 gramas, morreu no dia 27 de setembro deste ano, de falência múltipla dos órgãos. A história de Kauã Lázaro repercutiu quando ele foi dado como morto ainda no parto e cinco horas depois os médicos disseram que, na verdade, o bebê estava vivo. Na época, a criança ficou famosa por ter ressuscitado.

Segundo o pai da criança, Rafael dos Santos Dionízio, 22 anos, os médicos disseram à família que os órgãos de Kauã estavam ainda muito fracos e ele não resistiu.

A mãe do bebê, Michele Costa dos Santos, 17 anos, já está em casa e passa bem, apesar de abalada por causa da morte do filho.

Kauã nasceu na madrugada do dia 2 de setembro, por volta das 4h30, no Hospital Universitário, em Campo Grande. Ainda na mesa de cirurgia, os médicos contaram para Michele que o filho não havia sobrevivido.

A jovem foi levada para o quarto e cerca de cinco horas depois do parto, a médica pediatra levou a notícia de que o bebê estava vivo. Sobre o possível diagnóstico errado da equipe médica, o pai afirma que não acredita em erro. “Minha sogra me disse que estavam levando ele para o necrotério, mas não foi um erro e sim um milagre de Deus”, conta.

Kauã estava internado na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) neonatal do HU e a previsão, de acordo com o hospital, era de que ele ficaria pelo menos três meses em recuperação até receber alta.



Meus sinceros sentimentos, que Deus conforte os corações de vocês e que em breve os abençoe com um novo e lindo filho.
 
Celso - Primo em 14/10/2013 14:39:50
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions