ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, TERÇA  09    CAMPO GRANDE 13º

Política

Bolsonaro volta a Brasília após manhã de agenda em Campo Grande

Na Capital, presidente cumprimentou apoiadores, discursou e participou de "motociata"

Por Clayton Neves, Caroline Maldonado e Adriel Mattos | 30/06/2022 14:36


Depois de passar a manhã em Campo Grande, o presidente Jair Bolsonaro retornou a Brasília em voo que decolou da Base Aérea por volta das 14 horas. A previsão é de que a comitiva presidencial pouse na Capital Federal por volta das 15h30 do horário local.

Avião presidencial após decolagem. (Foto: Henrique Kawaminami)
Avião presidencial após decolagem. (Foto: Henrique Kawaminami)

Antes da partida, Bolsonaro cumprimentou e tirou fotos com apoiadores que o aguardavam desde o momento em que desembarcou na cidade, às 9h55.

Em conversa com autoridades que o recepcionaram, o presidente reafirmou a importância do agronegócio sul-mato-grossense para a economia do País e relembrou do tempo em que morou no Estado. “Aqui é minha terra. Eu vim pra ficar um ano e meio em Nioaque, mas fiquei três anos”, comentou.

Na sequência, o Bolsonaro saiu em comitiva acompanhado do general Braga Neto e a ex-ministra Tereza Cristina até o Jardim Canguru, onde entregou 300 apartamentos populares do programa Casa Verde e Amarelo.

No evento, ele fez críticas ao PT (Partido dos Trabalhadores) e reforçou apoio a bandeiras que sempre defendeu, como o porte de armas de fogo para a população.Bolsonaro também avaliou positivamente seu governo e atribuiu dificuldades de administrar o País à pandemia da covid19.

Após a cerimônia, o presidente partiu em “motociata” pela Avenida Afonso Pena ao lado. A ex-ministra Tereza Cristina participou do ato na garupa de Bolsonaro.

Apoio entre moradores - No fim da "motociata", entre os fãs que tentavam tietar o presidente na base aérea, uma menina de 6 anos usava fantasia de farda da Polícia Militar e chamava atenção por onde passava.

Aos 6 anos, Emanuele foi com o pai tentar uma foto com o pesidente. (Foto: Henrique Kawaminami)
Aos 6 anos, Emanuele foi com o pai tentar uma foto com o pesidente. (Foto: Henrique Kawaminami)

O pai, o soldador Márcio Alberto Caetano, de 36 anos, saiu com Emanuele Coimbra Caetano, às 5h, de Três Lagoas. Depois de viajar 327 quilômetros, eles foram direto para a base aérea.

Sem saber que Bolsonaro estaria no Jardim Canguru para o lançamento de um condomínio popular, o pai foi direto para a base e lá não conseguiu a foto com o presidente.

"Ela é apaixonada pelo Bolsonaro e pela PM. Cheguei perto dele para ver se conseguia que ele pegasse ela para fazer a foto, mas não deu certo. Tinha muita gente. Ela tem camiseta do Bolsonaro. Ganhou a roupa no aniversário, que ela pediu para que o tema fosse policial. Um sargento de Nova Alvorada do Sul mandou fazer a farda para ela”, contou o pai, ainda com esperança de entrar no prédio em que Bolsonaro entrou e conseguir a foto.

Esta é a quinta visita oficial de Bolsonaro a Mato Grosso do Sul desde que assumiu o cargo, em janeiro de 2019. Houve ainda paradas não programadas em três cidades.

Nos siga no Google Notícias

Veja Também