ACOMPANHE-NOS    
ABRIL, DOMINGO  11    CAMPO GRANDE 25º

Capital

Bombeiros paralisam buscas, mas retornam a rio no domingo a procura de menino

Por Adriano Fernandes | 05/12/2020 18:07
Estrutura onde crianças estavam quando foram levadas pela correnteza. (Foto: Kisie Ainoã)
Estrutura onde crianças estavam quando foram levadas pela correnteza. (Foto: Kisie Ainoã)

O Corpo de Bombeiros encerrou às 17h40 deste sábado (05) o segundo dia de buscas pelo menino, de 8 anos, que foi levado por uma "cabeça d'água", enquanto pescava com os irmãos e um outro adolescente no Rio Anhaduí, no final da tarde desta sexta-feira (05), em Campo Grande. As buscas serão retomadas na manhã deste domingo (06).

Ainda não há como precisar um local exato onde os militares reiniciarão os trabalhos, segundo a corporação. Contudo, uma nova estratégia deve ser definida amanhã com o objetivo de encontrar a criança.

Durante a manhã deste sábado, dois militares do Corpo de Bombeiros fizeram uma "varredura" na área, percorrendo 11 quilômetros do rio em caiaque, mas o menino não foi localizado e o mesmo caminho foi refeito.

O caso - O menino, acompanhado dos irmãos, de 13 e 15 anos, além de um outro adolescente de 12, estava em uma estrutura de concreto no meio do rio, quando o nível da água subiu repentinamente. O tio dos meninos, Salomão de 36 anos, conseguiu retirar o adolescente 13 anos da água usando uma corda. O menino de 12 anos saiu sozinho.

Já o garoto mais velho segurava o irmão entre as pernas. Como a corda não alcançavas as outras vítimas Salomão pulou para tentar resgatar os sobrinhos, mas a criança escapou antes de ser salva. Tio e adolescente foram encontrados cerca de 1h após o incidente, caminhando na Avenida Gunter Hans, depois de conseguirem sair do leito do rio.


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário