A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

24/10/2013 17:22

Bosque dos Ipês fica sem energia elétrica e lojistas contabilizam prejuízos

Bruno Chaves
Em setembro, teto do shopping desabou por causa da chuva (Foto: Arquivo/Campo Grande News)Em setembro, teto do shopping desabou por causa da chuva (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

Inaugurado há pouco mais de dois meses, o Shopping Bosque dos Ipês vem contabilizando transtornos. Nas últimas semanas parte do teto da praça de alimentação cedeu por causa das chuvas. Nesta quinta-feira (24), o centro comercial ficou sem energia elétrica desde às 11h30 e lojistas somam prejuízos por causa de alimentos que já começam a estragar.

De acordo com a lojista Mariana Rodrigues, 23 anos, os empresários que possuem comércio no shopping não receberam informações e justificativas sobre o problema.

“A administração fala que está ocorrendo uma reunião em Fortaleza (CE) – sede da empresa –, mas não dão nenhum respaldo para nós”, revela.

Mariana ainda conta que os responsáveis pelo shopping chegaram a comentar na possibilidade de fechar as portas nesta quinta-feira, mas até o momento nada foi resolvido.

“Tem lojas de chocolate e outros produtos que já começam a ter prejuízos. As lojas da praça de alimentação também estão perdendo suas produções”, reclama.

A assessoria de imprensa da Enersul (Empresa Energética de Mato Grosso do Sul) confirmou que o complexo de lojas está sem energia elétrica desde 11h30 e que o problema é interno do prédio.

A empresa informou que o problema foi percebido pelo Sistema de Proteção e foi necessário desligar o fornecimento de energia, por motivos de segurança.

Imediatamente, técnicos da Enersul foram ao local e constataram que o problema é interno. No entanto, o problema é do centro comercial. Dessa forma, a empresa aguarda que o shopping resolva a situação para que a energia seja restabelecida.

Já a comunicação do Bosque dos Ipês confirmou a falta de energia e prepara uma nota oficial para encaminhar à imprensa.

Confundido com ladrão, homem causa acidente e acaba agredido
Flávio Guimarães Fernandes, 39 anos, foi confundido com ladrão e agredido por moradores após se envolver em acidente. O caso aconteceu na madrugada d...
Sesau e SES recolhem quase 10 toneladas de lixo no Jardim Noroeste
A ação de recolhimento de lixo realizada em casas e terrenos baldios no Jardim Noroeste - bairro localizado na regiões leste de Campo Grande - somou ...
Apae recebe doação de brinquedos da campanha Compartilhe o Natal
Foi iniciado nesta segunda-feira (11) a entrega de brinquedos arrecadados na campanha "Compartilhe o Natal", realizado pelo Ministério Público Estadu...


esse shopping esta se estruturando e aos poucos vai se consolidar, ainda há muitos investimentos para serem realizados no loca, lembrando que eles é voltado para a classe A.
 
samuel vosni em 26/10/2013 17:26:35
A única utilidade que eu vi até o momento desse Shopping é a loja física da Saraiva. Fui até esse Shopping somente duas vezes: uma pra fazer o pedido de um livro na Saraiva e na outra pra buscar o livro.
 
Wesley Kanashiro em 25/10/2013 09:19:23
A única utilidade que eu vi até o momento desse Shopping é a loja física da Saraiva. Fui até esse Shopping somente duas vezes: uma pra fazer o pedido de um livro na Saraiva e na outra pra buscar o livro.
 
Wesley Kanashiro em 25/10/2013 09:19:00
Esse shopping só vai ter algum movimento se o estacionamento for gratuito, o que compensaria o deslocamento até lá. Nada justifica o estacionamento num lugar isolado ser mais caro que em área nobre.
 
Ricardo Farias em 25/10/2013 08:31:23
Esse shopping tem se mostrado um grande elefante branco privado. Ainda não mostrou um diferencial que faça o consumidor se deslocar tanto. Sem contar as inúmeras lojas que nem abriram as portas.
 
Sergio Arantes em 25/10/2013 07:38:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions