A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

02/05/2011 12:02

Buraco no Nova Lima exige obras de R$ 10 milhões, segundo a prefeitura

Marta Ferreira e Ítalo Milhomem

Vão ser necessários quase R$ 10 milhões para recuperar a área onde se formou uma cratera no bairro Nova Lima, em Campo Grande, em um terreno pertence ao Exército. O buraco, que neste fim de semana ficou ainda maior após a chuva, já engoliu metade da rua Marques de Herval, a principal do bairro. O prefeito Nelson Trad Filho (PMDB) e o secretário de Infra-estrutura, Transportes e Habitação, João Antônio de Marco, estiveram no local de manhã.

Eles e explicaram que, por enquanto, serão feitas apenas intervenções para conter a erosão e “tranqüilizar a população”, como afirmou o prefeito.

A estimativa do valor necessário para obras definitivas foi informada pelo secretário. Segundo ele, são intervenções que podem levar anos, dada à gravidade do problema.

Emergencialmente, como explicou a um morador o prefeito, vai ser feita a contenção da erosão, por meio de aterramento, a recuperação das galerias pluviais levas pela água e pela terra e a restauração do asfalto da Marques de Herval destruído no fim de semana. Com isso, acredita o prefeito, o tráfego de veículos poderá ser retomado.

O secretário disse que não há prazo para as obras terminarem nem estimativa de custo.

Prefeito e secretário foram esta manhã ao bairro Nova Lima falar sobre medidas emergenciais. (Foto: João Garrigó)Prefeito e secretário foram esta manhã ao bairro Nova Lima falar sobre medidas emergenciais. (Foto: João Garrigó)

Esperando-Quanto às obras definitivas para recuperação da área, secretário e prefeito disseram que dependem da liberação dos recursos solicitados pela prefeitura ao governo federal, da ordem de R$ 35 milhões para toda a cidade.

Deste recurso, conforme De Marco explicou, R$ 6 milhões são para a recuperação no bairro Nova Lima. Ficariam faltando outos R$ 3,5 milhões, afirmou.

O prefeito disse que vai pedir ao governo do Estado para que seja liberado para Campo Grande parte dos R$ 5 milhões já recebidos do governo federal para corrigir estragos da chuva. Esse dinheiro, conforme anunciado, iria para os municípios do interior, bastante prejudicados pelas chuvas de verão.

Nelsinho sugeriu, ainda, que o Exército intervenha na liberação de recursos do governo federal, por ser o dono da área onde o problema começou. Para isso,convocou o vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, morador da região, para posiconar-se a respeito na Câmara dos Vereadores.

A um morador que chegou a interromper a entrevista do prefeito para expor a preocupação da comunidade com as casas próximas do buraco, o prefeito disse que “contra a natureza não se pode lutar”, relembrando o fato das chuvas deste ano terem sido recordes em Campo Grande.



Eita....que buraco caro né....concordo com o Murilo vamos chamar o pessoal do Japão p/resolver esse problema que com certeza vai ficar mais em conta....
 
Rosangela Carvalho em 03/05/2011 08:55:00
Concordo com o pensamento do PEDRO BRAGA, os homens de maneira em geral não respeitam as leis da natureza que são regidas por Deus. Discordo da outra parte que ele diz, que os políticos tem que procurar a casa de Deus. Primeiro, quem diz que precisa ter casa ou freguentar alguma casa, para cumprir ou pregar os ensinamentos de Deus. Aliás, tem padres e pastores que são mais vorazes e espertos, no quesito levar vantagem sobre seus pares. Portanto, acho que não é uma boa idéia, essa união entre determinados políticos e certos religiosos. Pode acontecer mais uma coligação ou aliança mandraque.
 
Paulinho Barbosa em 03/05/2011 07:45:57
E porque a Prefeitura não aciona o Exército para bancar a obra, já que o início do problema começou na área pertencente a ele e o local está abandonado desde sempre?
 
Marcelo Medeiros em 02/05/2011 12:12:03
Claro 10 milhões pra tapar um buraco que começou pequeno e todos nós vimos crescer pouco a pouco, mas de onde vem a grana dos cofres públicos, de quem sera a empresas que vai prestar os serviços e morder os 10 milhões? seja verba federal, municipal ou Estadual é o nosso dinheiro que vai pra empresa do grupo que hoje estão no poder. O buraco chegou na dimensão que chegou porque deixaram. Esse muraco não surgiu de uma hora para outra, foi aos poucos ganhando esta proporção.

 
Edilson pereira da silca em 02/05/2011 05:49:29
É herança do passado, todas cidades brasileira, são implantadas sem planejamento nenhum, face ao desconhecimento dos Administradores, pois maioria deles assinavam quaiquer ampliação da cidade, na emoção, sem visão futura, sem levantamento de nível, sem prevenção ambiental, aprovam até hoje, loteamentos de quaisquer maneiras, traindo o povo, e o pagamento é esse, a natureza através de DEUS, cobra, então senhores POLÍTICOS, procurem mais as casas de Deus, Altar de Deus, para dominarem os problemas com conhecimento DIVINO, que esses problemas, provalvemente acabarão, os políticos não respeitam DEUS, nas LEIS da terra, e sobrepõe a PALAVRA DE DEUS, e diz a palavra, colhe o fruto de acordo com a semente que semeia, tanto os políticos como o povo, terão que procurar DEUS, urgentemente, e colocarem sobre os seus pensamentos, obras, subordinados a LEI MAIOR, PALAVRA DE DEUS, que DEUS, guiará corretamente os trabalhos, e a natureza respeitará o comando do PAI DO CÉU, lembrem-se TECNOLOGIA, CIÊNCIA, estão abaixo das normas DIVINAS, e não superiores, e o povo da terra, não ve isso, é o que esta acontecendo a nível internacional, o povo estão se afastando cada vez mais, das casas de DEUS, e ele se afasta de nós, nos esperando, e neste espaço de tempo vem o mal, e judeia do povo, sofre todos.
 
PEDRO BRAGA em 02/05/2011 05:33:09
Ah Claro...faz uns 18 anos esse Buraco..quer Dizer esta Erosao Imensaaaa...Ela já é até de Maior...18anos..Pensa..Nunca Fizeram Nd..ñ Vai ser Agora que irao resolver..Vão Apenas Maquiar a Erosao e que se Passe a Erosao para o Proximo Prefeito...Moro na regiao.e Meu Iptu paguei 270 Ano Passado ..Esse Ano Vei 430...Um Super Aumento..fui reclamar e me disseram que fora feitas melhoria no Bairro..Entao.como Melhorias se o Asfalto que passa em frente a Minha Casa eu Paguei..e ñ Foi Barato ñ...E ainda me Disseram que foi feito melhoria..Ah Outra coisa..vejo td´s meses a prefeitura limpando o Carandá e outros bairro proximo ao Carandá...E Aonde eu Moro de 8 e 8 meses vejo eles passando pra fazer uma Manutenção ...o Asfalto parece uma Farinha endurecida..basta dar uma chuva que vira uma massa de bolo ....é assim mesmo...quem acredita neste Povo..o negocio deles é aumentar impostos e dane-se os Pobres...
 
Fabio Souza em 02/05/2011 04:33:59
Com tanto dinheiro , nao da para pavimentar a avenida afonso pena que hoje ta uma vergonha de tanto buraco e trepidação o que seria o cartão postal da cidade para quem vem a passeio e para nós pobres mortais que utilizamos a avenida todos os dias
 
marco antonio em 02/05/2011 03:22:35
O asfalto de Campo Grande é de péssima qualidade, mas os buracos e remendos mal feitos é por culpa da natureza. O Terreno do exército é mal cuidado, mas isso é culpa da natureza.

Até quando o Prefeito vai ficar se limitando a dizer que a incapacidade de sua gestão em alguns pontos é culpa da natureza?
 
Jose Igatoro em 02/05/2011 02:09:32
Achei a resposta do prefeito bastante sensata, mas isso significa que estamos reféns do governo federal. O que fazer então? Pressionar a bancada federal (deputados e senadores) para que esta verba seja liberada o quanto antes!!
 
Sayonara Okima em 02/05/2011 01:44:00
R$ 10 milhões pra tapar um buraco. Só no Brasil mesmo. O Japão reconstrói estradas depois de terremotos em 1 semana, chamem eles pra resolver o problema desse buraco.
 
Murilo Delmondes em 02/05/2011 01:08:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions