A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

15/01/2016 11:03

Burocracia e despesa de R$ 50 mil dificultam volta de mãe ao Brasil

Luana Rodrigues
Maria viajou para o Japão no dia 08 de janeiro. (Foto: Arquivo pessoal)Maria viajou para o Japão no dia 08 de janeiro. (Foto: Arquivo pessoal)

Há quase uma semana em Handa, no Japão, Maria Aparecida Amarilha Scardin, mãe de Akemi e Michelle Maruyama, encontradas mortas no país oriental no dia 29 de dezembro do ano passado, está com dificuldades financeiras e burocráticas para trazer as cinzas das filhas e as netas ao Brasil.

Segundo amigos de Maria, ela prestou depoimentos na polícia do país durante praticamente todos os dias que esteve por lá e precisa comprovar a Justiça de lá que pode cuidar das netas aqui no Brasil. Outro problema, é com relação ao custo da cremação dos corpos de Akemi e Michelle.

Conforme Márcio Oshiro, amigo de Maria, o procedimento de cremação de cada corpo custa em torno de 250 ienes (moeda japonesa), valor que convertido para reais, representa um custo no entorno de R$ 8,5 mil. “Estamos arrecadando doações em dinheiro aqui no Brasil e lá no Japão, porque ela não tem esse valor”, disse.

Além da cremação, Maria precisa pensar nos custos da viagem de volta para o Brasil, quando ela pretende trazer consigo as duas netas. As passagens de cada uma podem chegar a R$ 8 mil.

“Ela vai ter que pagar tudo em dobro. Duas cremações, duas urnas”, lembrou a amiga Maria Valentina Ricarte de Oliveira, 53. Para pagar todos as despesas, incluindo atestados de óbito, passagens das netas, além de dívidas que as filhas haviam se comprometido a pagar, Maria deve desembolsar R$ 50 mil.

Para ajudar Maria, uma conta foi criada no banco japonês Hekishin. Para ajudar, o número da conta disponível é 6077366, agência 013, nome マルヤマ アケミ  マルヤマ ミシエレ エンジョキン.

Maria teria viajado para o Japão na sexta-feira(08) e chegou a país no dia 10, a viagem demorou cerca de 36 horas. Não há informações sobre a situação de Maria por lá e ainda não se sabe quanto tempo ela deve permanecer no país. O Campo Grande News tentou falar por telefone com Maria, mas até o fechamento desta reportagem não foi possível contatá-la.

Mãe de brasileiras já está no Japão em busca das netas, dizem amigos
Maria Aparecida Amarilha Scardin, mãe de Akemi e Michelle Maruyama, encontradas mortas no Japão no dia 29 de dezembro do ano passado, já está no país...
Mãe de irmãs mortas no Japão embarca para SP em busca de visto
Maria Aparecida Amarilha Scardin, mãe de Akemi e Michelle Maruyama, encontradas mortas no Japão no dia 29 de dezembro do ano passado, vai embarcar pa...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions