A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 26 de Setembro de 2017

24/07/2017 18:46

Buscas avançam pelo anel viário mas corpo de menino ainda não foi encontrado

Adriano Fernandes
Militares em trecho após a ponte do anel viário de Campo Grande pela BR-262. (Foto: Marcos Ermínio) Militares em trecho após a ponte do anel viário de Campo Grande pela BR-262. (Foto: Marcos Ermínio)

Terminou por volta das 18h as buscas, desta tarde (24) pelo corpo do pequeno Kauan Andrade Soares dos Santos, de 9 anos, jogado no Rio Anhandui depois de ser morto por um suspeito de 38 anos. O corpo, no entanto, não foi encontrado.

Os trabalhos começaram por volta das 15h pela ponte da Rua Barnabé Honório da Silva no Jardim Pênfigo e só foram concluídos nas proximidades da ponte da Gameleira, zona rural e a cerca de 18 quilômetros da ponte do anel viário de Campo Grande da BR-262, na saída para Sidrolândia.

Pelo rio, três militares sendo dois mergulhadores, seguiram até o ponto de encontro onde uma viatura do Corpo de Bombeiros os aguardava. Os trabalhos foram além do previsto inicialmente pelos militares que esperavam vasculhar de sete a oito quilômetros de leito. 

Buscas - Hoje (24) pela manhã, bombeiros ampliaram a área de buscas pelo corpo do garoto. Durante a tarde, uma equipe com seis militares do Corpo de Bombeiros. No sábado (22), as equipes percorreram três quilômetros do rio.

Sete militares chegaram a entrar na água a procura do corpo. As buscas começaram na ponte da Avenida Campestre, no Conjunto Aero Rancho, e pela águas os Bombeiros seguiram até a ponte da Rua Barnabé Honório da Silva, no Jardim Pênfigo.

Os militares encontraram no rio um saco preto com restos mortais de um cachorro e também um pedaço de plástico, com fios de cabelo. Este último foi encaminhado para perícia.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions