A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 21 de Setembro de 2018

24/10/2017 08:05

Caminhão tem cabine incendiada e dono acredita em incêndio criminoso

O proprietário do veículo, Ademar Orequio acredita em incêndio criminoso. Veículo foi destruído pelo fogo

Viviane Oliveira e Bruna Kaspary
Cabine ficou totalmente destruída (Foto: Marina Pacheco) Cabine ficou totalmente destruída (Foto: Marina Pacheco)
Dono ficou desolado com a situação (Foto: Marina Pacheco) Dono ficou desolado com a situação (Foto: Marina Pacheco)

Cabine de uma F-400 foi destruída pelo fogo por volta de 1h30 desta terça-feira (24), na Avenida Tamandaré, no Jardim Seminário, em Campo Grande. O proprietário do veículo, Ademar Orequio acredita em incêndio criminoso.

Ademar ficou sabendo do incêndio nesta manhã pela equipe de reportagem. O caminhão estava estacionado em frente a conveniência de Ademar, que mora nos fundos. “Quem fez isso”, perguntou desolado.

A equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada e conseguiu extinguir as chamas, antes que se alastrassem para a carroceria, utilizando dois mil litros de água. Apesar de dizer que tem bom relacionamento no bairro, Ademar acredita em incêndio criminoso.

“Estava tão cansado que não percebi nada durante a madrugada. Eu uso esse caminhão para fazer tudo, inclusive para transporte”, lamenta. Ademar tem uma chácara em Rochedo e utilizada o veículo para transportar objetos até a propriedade. Ele afirma que o veículo sempre ficou estacionado na rua. Ademar pretende procurar a polícia ainda nesta manhã para registrar boletim de ocorrência.

Na semana passada, um caminhão que pertence a empresa do ex-vereador Alceu Bueno, assassinado no ano passado, foi incendiado, também durante a madrugada, na rua China, no Bairro Vila Margarida. Na ocasião, a rua foi interditada com toras de madeira. A suspeita é de que a interdição foi feita por quem ateou o fogo no veículo e queria dificultar o acesso dos bombeiros.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions