A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 22 de Janeiro de 2018

09/05/2015 15:06

Campanha atende mais de 300 pessoas para alertar sobre riscos da hipertensão

Mariana Rodrigues
Cerca de 300 pessoas foram atendidas durante durante a realização da campanha na manhã deste sábado. (Foto: Marcelo Calazans)Cerca de 300 pessoas foram atendidas durante durante a realização da campanha na manhã deste sábado. (Foto: Marcelo Calazans)
Os organizadores da campanha, Christiano Henrique Souza Pereira e Mércule Pedro Paulista Cavalcante. (Foto: Marcelo Calazans)Os organizadores da campanha, Christiano Henrique Souza Pereira e Mércule Pedro Paulista Cavalcante. (Foto: Marcelo Calazans)

A SBC (Sociedade Brasileira de Cardiologia de MS), juntamente com acadêmicos da Uniderp e UFMS realizaram na manhã deste sábado (9), na Praça Ari Coelho, em Campo Grande, a campanha anual “Eu Sou 12/8”. O evento que teve início às 8 horas e seguiu até às 11 horas, atendeu mais de 300 pessoas.

A campanha que acontece simultaneamente em todos o país, tem o objetivo de alertar a população dos risca que a hipertensão pode causar. Durante a ação, quem passou pela praça pode aferir a pressão arterial, recebeu orientações médicas e ainda pode se consultar com os nutricionistas.

Segundo Christiano Henrique Souza Pereira, diretor de promoção da SBC, Mato Grosso do Sul possui atualmente cerca de 600 mil hipertensos, a doença é uma das que mais mata, ficando a frente até mesmo do câncer. “No Brasil hoje, 30% da população é hipertensa, desse percentual, a grande maioria nem sabe que tem a doença. Cerca de 8 a 10 milhões de brasileiros que sofrem com a hipertensão não faz o tratamento correto”, disse o médico.

O presidente da SBC, Mércule Pedro Paulista Cavalcante classifica a doença como “assassina silenciosa”, por muitas vezes o paciente não apresentar nenhum tipo de sintoma. Ele informou que a doença está cada vez mais precoce, ou seja, matando pessoas cada vez mais jovens, por isso é importante a prevenção e cuidados.

“Essa campanha é fundamental para orientar a população sobre as doenças cardiovasculares, atingimos um público muito grande aqui, inclusive de gente que é hipertensa que toma remédio, mas não se cuida adequadamente”, disse.
A professora da Uniderp e nutricionista Luiza Camargo, alertou sobre a importunância de se alimentar bem para prevenir a doença. Nesses casos, uma alimentação saudável, aliada com exercícios físicos é primordial para prevenir a hipertensão.

“As pessoas estão se alimentando mal , além disso, há outros fatores como o sobrepeso, circunferência abdominal estão ligados a doenças cardíacas. Por isso é importante estar com o peso adequado para a altura”,finalizou.

Hipertensão: o potássio como aliado da pressão arterial
O potássio é um elemento de origem mineral de extrema importância para o bom funcionamento do organismo humano. É encontrado em diversos alimentos de...
Hipertensão: como tratá-la sem remédios?
A Hipertensão Arterial Sistêmica (HAS) é uma doença multifatorial, que pode levar a complicações, como acidente vascular cerebral (AVC), doença arter...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions