A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 25 de Abril de 2019

01/03/2019 14:15

Campanha chama atenção no Carnaval para importância de cinto dentro de ônibus

Ângela Kempfer
Material da campanha criada pela Agepan. (Foto: Divulgação)Material da campanha criada pela Agepan. (Foto: Divulgação)

A Agepan (Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos) e a CCR MSVia retomaram hoje a campanha “Abrace essa ideia. #useocinto”. Equipes entregam folhetos educativos aos passageiros nas Rodoviárias de Campo Grande e de Dourados, na tentativa de conscientizar sobre os riscos de quem viaja sem o usar o equipamento, o que é muito comum no Brasil.

"Em distâncias curtas ou longas, esse equipamento de proteção é tão essencial nos veículos de transporte público quanto é nos carros particulares", orienta a Agência.

Desde 2016 é feito esse trabalho com passageiros. Além de folders, cartazes são fixados nos guichês e em ônibus, com informações dados que comprovam a diferença em caso de acidentes para quem usa ou não o cinto em veículos coletivos.

"Ao embarcar, cada passageiro deve conferir se o cinto de segurança de sua poltrona está colocado sobre o assento, disponível para uso. Essa é uma obrigação da empresa transportadora: manter o cinto em perfeitas condições e deixa-lo visível, como um lembrete ao usuário", adverte a Agepan.

A Agência lembra que sem o cinto de segurança, o passageiro pode ser arremessado até para fora do ônibus e cita o exemplo de pessoa de 70 quilos que, quando tem o corpo projetado para frente ganha o peso de 350 quilos. "Além do risco de se machucar gravemente, o passageiro sem cinto pode causar ferimento em outros passageiros em uma ocorrência de acidente", conclui.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions