ACOMPANHE-NOS    
MAIO, SÁBADO  30    CAMPO GRANDE 23º

Capital

Capital mantém 48 casos confirmados de coronavírus e suspeitas vão a 19

Cinco dos sete pacientes internados estão na UTI e respiram com ajuda de ventilação mecânica

Por Tainá Jara | 07/04/2020 16:14
Pessoas entre 30 e 39 anos são as mais contaminadas na Capital (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)
Pessoas entre 30 e 39 anos são as mais contaminadas na Capital (Foto: Arquivo/Henrique Kawaminami)

Campo Grande manteve 48 casos confirmados de coronavírus de ontem para hoje. O número de suspeitas, no entanto, saltou de 14, na última segunda-feira, para 19, nesta terça-feira, conforme boletim epidemiológico divulgado pela Sesau (Secretaria Municipal de Saúde). A Capital concentra o maior número de pessoas com a covid-19, em Mato Grosso do Sul.

Sete pacientes ainda estão internados em decorrência da doença, sendo que cinco estão em leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e respiram com a ajuda de aparelhos. Sete pessoas com a doença estão em isolamento domiciliar e 34 foram consideradas curadas.

A maioria dos casos confirmados envolvem pessoas entre 30 e 39 anos (15). Onze pacientes têm entre 40 e 49 anos e oito na faixa entre 20 e 29 anos. Apenas seis pessoas possuem mais de 60 anos, grupo considerado de risco.

No Estado, já foram registradas duas mortes devido a doença. As vítimas eram moradoras da cidade de Batayporã. O boletim epidemiológico da SES (Secretaria Estadual de Saúde), divulgado nesta terça-feira, demonstra um salto na curva de contaminações por coronavírus.

O número passou de 66 para 80 positivos em apenas 24 horas. São 14 a mais que ontem, média bem superior a evolução das primeiras semanas da pandemia no Estado, com média de 2 casos novos ao dia.

Em Nova Andradina, a 300 quilômetros da Capital, o total é de 9 infectados. A cidade fica ao lado de Batayporã. Os dois municípios ficam na região de divisa com São Paulo, Estado que registra o maior índice da doença no Brasil, com 4.866 confirmações e 304 mortes.