A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

21/10/2011 18:30

Casal é sequestrado em Dourados e deixado no Paraguai 10h depois

Nadyenka Castro

Vítimas dormiam quando foram rendidas e tiveram carro e R$ 4,5mil roubados

Um casal foi sequestrado em Dourados por volta da 00h30min desta sexta-feira e deixado no Paraguai aproximadamente 10 horas depois.

Conforme registro policial, o homem de 33 anos e a mulher, de 21, dormiam quando o bandido pulou o muro e entrou no apartamento pela sacada e anunciou o roubo dizendo que estava armado e queria apenas o carro.

As chaves do Eco Sport foram entregues, mas, o assaltante mandou as vítimas irem até o veículo e quando lá chegaram foram obrigadas a entrar.

O bandido dirigiu o veículo em direção a Ponta Porã e nas proximidades do posto da PRF (Polícia Rodoviária Federal) mandou o dono do carro assumir a direção e avisou que iria vender o automóvel no Paraguai.

Já em Ponta Porã, a jovem foi deixada em um hotel e o homem passou a andar com o bandido, que procurava uma arma de fogo para comprar.

O marginal não encontrou a arma, mas, gastou o dinheiro da vítima, que seria usado na compra, com prostitutas em um motel. Segundo declarações do homem à Polícia, ele não entrou no quarto.

Após o programa e novamente procurar por arma de fogo para comprar, já por volta das 10 horas, o bandido mandou o homem sacar mais dinheiro e depois buscou a jovem no hotel.

Já com a jovem no carro, o assaltante abandonou o casal em uma rodovia a 12 quilômetros da área urbana de Pedro Juan Caballero, sem o Eco Sport. Além do carro, as vítimas ficaram sem R$ 4,5 mil.

O homem e a jovem pediram ajuda em uma fazenda e acionaram a Polícia Nacional do Paraguai. No meio da tarde o crime foi oficialmente à Polícia brasileira.

Guarda oferece palestra sobre prevenção e combate às drogas em Uneis
Jovens da Unei (Unidades Educacional de Internação) Dom Bosco e da Unidade de Internação Feminina Estrela do Amanhã, em Campo Grande, receberam pales...
Cadastramento biométrico é oferecido pela Carreta da Justiça em Anhanduí
Desde o início desta semana a Carreta da Justiça está realizando atendimentos da biometria no distrito de Anhanduí, no município de Campo Grande, gra...


Muito esquisita essa história!!! Não sou policial, mas porquê a mulher não denunciou o caso quando estava sozinha no hotel? Por que o homem não fugiu quando o bandido estava no motel? Cada coisa, viu.
 
Elaine Sabino Motta em 22/10/2011 02:24:07
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions