A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

25/11/2014 17:09

Chuva alaga ruas e casas, derruba árvores e causa transtornos na Capital

Alan Diógenes, Filipe Prado, Edivaldo Bitencourt e Paulo Francis
Na Rua Catiguá, enxurrada alaga rua e prejudica tráfego de veículos (Foto: Alcides Neto)Na Rua Catiguá, enxurrada alaga rua e prejudica tráfego de veículos (Foto: Alcides Neto)
No Bairro Cidade Morena, as ruas ficaram alagadas. (Foto: Alcides Neto)No Bairro Cidade Morena, as ruas ficaram alagadas. (Foto: Alcides Neto)

Devido a forte chuva que atinge Campo Grande, na tarde desta terça-feira (25), ruas da região dos bairros Cidade Morena, Canguru, Marajoara e Bálsamo, entre outros, ficaram completamente alagadas. O volume da água é tão grande que invadiu residências e motoristas tiveram dificuldade para trafegar com veículos. Também houve queda de árvore no Jardim Centenário em decorrência das rajadas de vento de até 47 quilômetros por hora.

As ruas mais atingidas foram a Florestal, Ubirajara, Guarani e Salmorão, no Bairro Cidade Morena. Entres elas, vias asfaltadas e sem asfalto, que não possuem boeiros para o escoamento da água da chuva.

A costureira Edilaine Braga, de 34 anos, construiu uma rampa em frente de casa para a água não entrar. Apesar da medida, a água voltou a invadir sua casa nesta tarde. “Toda vez que chove é a mesma coisa. A prefeitura disse que no dia 10 de dezembro irá concluir as obras de pavimentação no bairro, e posteriormente colocar os boeiros nas ruas. A esperança é a de que eles arrumem isso logo”, explicou.

A dona de casa Neide Maria Clementina, 43, é a moradora que enfrentou maior problema nesta tarde. Toda a água da chuva que desce da Rua Salmorão vai para dentro da sua casa, localizada no final da via. “Faz sete anos que enfrento esse problema. Já perdi móveis como sofá, guarda-roupa e geladeira. Espero que os próximos prefeitos olhem com mais carinho para a gente”, comentou.

Edilaine disse que não existes boeiras nas ruas para que água escoe. (Foto: Alcides Neto)Edilaine disse que não existes boeiras nas ruas para que água escoe. (Foto: Alcides Neto)
Neide conta que casa alaga toda vez que chove e ela já perdeu vários móveis. (Foto: Alcides Neto)Neide conta que casa alaga toda vez que chove e ela já perdeu vários móveis. (Foto: Alcides Neto)

Já a operadora de caixa Andreina Carvalho, 26, contou que os carros não conseguem passar pelas ruas alagadas. “Aqui na Rua Florestal é complicado, a água passa do meio fio e os motoristas dão meia volta com medo de ficar no meio da lama”, destacou.

No Rua Itaituba, no Jardim Centenário, uma árvore caiu por conta da chuva desta tarde. Conforme o Corpo de Bombeiros, o tipo de solo da região pode ter contribuído para a queda. Os militares tiveram que acionar a Enersul para desligar os fios de energia que também caíram no meio da via.

A rua foi interditada para o serviço dos bombeiros. Conforme o Inmet (Instituto Nacional de Meterogologia), durante a tarde, as rajadas atingiram 47 quilômetros por hora, e isso também deve ter contribuído para a queda da árvore.

Ao todo, choveu 54 milímetros nos bairros próximos ao Shopping Norte Sul Plaza. Na região da Vila Carlota, somou-se 44 milímetros de água. Já nos Moreninhas foram registrados 44,25 milímetros.

A média do volume de chuva para o mês de novembro, é de 206 milímetros. Somente nesta terça-feira choveu 25% do total esperado para o todo mês. Desde o dia 1º novembro até a data de hoje choveram 191 milímetros, ou seja 92,7% do total esperado até o final do mês.

Bombeiros foram acionados para retirar árvore que caiu em rua do Jardim Centenário. (Foto: Paulo Francis)Bombeiros foram acionados para retirar árvore que caiu em rua do Jardim Centenário. (Foto: Paulo Francis)

Previsão - O Inmet prevê que a chuva deverá continuar em Mato Grosso do Sul nos próximos dias. Amanhã, deverá chover forte em pontos isolados do Estado. A temperatura oscila entre 21ºC e 33º C.

Até sábado, segundo o instituto, a chuva será isolada e deverá atingir todas as regiões do Estado. Os termômetros vão marcar entre 19ºC e 33ºC. 

Ruas sem pavimentação também ficaram alagadas hoje (Foto: Alcides Neto)Ruas sem pavimentação também ficaram alagadas hoje (Foto: Alcides Neto)


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions