A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/12/2013 16:22

Cliente se revolta com busca e destrói carro de luxo em concessionária

Bruno Chaves

Por volta das 11h de hoje (20), um homem que não teve a identidade revelada pela polícia destruiu carro do pai depois de ser informado pelo banco que existia um mandado de busca e apreensão para o veículo Audi A3. O caso aconteceu na revendedora autorizada em Campo Grande, que fica na Avenida Afonso Pena.

Segundo o gerente Vitor Ariole Júnior, 38 anos, o cliente entrou em surto ao saber do mandado. “Ele ficou muito nervoso e disse que, se o carro não fosse dele, não seria de mais ninguém”, revelou.

Depois disso, o jovem passou a destruir o veículo dentro da concessionária. Para evitar tumulto e confusão, o gerente comunicou o cliente que chamaria a Polícia Militar caso ele não parasse com o escândalo.

“Falei para ele parar ou levar o carro dele para a rua, que ele não poderia fazer aquilo ali dentro e que eu tinha que preservar a empresa”, contou. Ignorando o aviso do funcionário, o rapaz continuou a depredação e danificou o veículo nos faróis e lanternas dianteiras e traseiras, além de murchar os pneus.

Vitor chamou a polícia que, em poucos minutos, chegou ao local. “Quando ele viu a polícia, se assustou e saiu cantando pneu e acelerando. Os policiais foram atrás dele. Não entendi o motivo do surto porque o carro é do pai dele e o banco nem chegou a apreender o veículo. Coincidiu de ele receber a ligação no momento em que estava aqui”, disse.

De acordo com o tenente Rogeliano Cavalcante, oficial ronda do 9º BPM (Batalhão da Polícia Militar), que atendeu o chamado, o cliente desacatou a polícia. “Fizemos o procedimento de trânsito e o homem e o carro foram encaminhados à Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro”, lembrou.



o ser humano é complicado né,só sabe criticar as pessoas,ninguem sabe porque esse homem ficou louco por ter feito isso com seu carro e todo mundo ja o critica ,ninguem merece.e outra o carro é dele,o pai que financiou pra ele e esse ele ñ conseguiu pagar problema é dele ,e se ele quiser destruir o carro também e problema dele,mas ele não pode fazer isso e uma garagem porque o garagista não tem culpa. é um minuto de loucura que as vezes da em todo ser humano!!!
 
elaine martins oliveira em 21/12/2013 10:37:34
Este é o reflexo do endividamento desacelerado dos pobres, que querem se passar por ricos e que compram de tudo, inclusive carros para mostrar aos amigos e parentes.
Depois os dito cujos não conseguem pagar seus débitos, e entram em pânico.
Aproveitando a matéria, acho que o governo da Dilma deu ao pobre o direito de sonhar, mas não lhe orientou, para comprar sómente aquilo que puder pagar.
 
VALDIR VILLA NOVA em 21/12/2013 09:12:46
que pena... um homem pobre de espirito.
 
Danilo Prado em 20/12/2013 20:21:31
Com tudo apesar de ser um carro importado ou que seja nascional, essa pessoa teve um momento de fraquesa, ja que aqui no estado carro e outros objetos são como status, deixando a pessoa estupida e sem o minimo de noção do que e mais importante para ele, um carro ou ele como pessoa, e mais o nome nao foi revelado porque deve ser filho de alguem importante.
 
cezar sandini em 20/12/2013 19:58:17
Olha, quando li concessionária na Afonso pena, pensei ser a mesma em que eu QUASE tive um surto hoje, muita enrolação, e falta de respeito com seus clientes.
Revisando: EX-CLIENTE...
 
antonio Lucas em 20/12/2013 19:38:11
Existem 2 tipos de pobreza: a material e a espiritual. A material qualquer um pode conseguir se livrar seja trabalhando, estudando, das mais variadas formas, lícitas e ilícitas... agora a POBREZA ESPIRITUAL essa ninguém tira... tenho dó de um sujeito desse, falido espiritualmente, pobre criatura... isso q dá, querer se aparecer, comprar o q não aguenta pagar e agora fica dando showzinho...
 
ROGER LOPES em 20/12/2013 18:30:14
Típico campo-grandense, vive de aparência!
 
Geraldo Barbosa em 20/12/2013 18:04:18
falou tudo meu amigo carlos hrenrrique
 
gilberto ferreira de lima em 20/12/2013 17:42:36
so por causa de uma porcaria dessa se acha;;
 
gilberto ferreira de lima em 20/12/2013 17:33:19
essas coisas que estragam na midia brasileira.como é um pseudo-rico(se fosse rico de verdade comprava a vista) escondem seu nome.e ainda por cima é caloteiro porque não pagou a prestação do veículo.
 
Carlos Henrique em 20/12/2013 17:31:42
Divulga o nome da louca. Isso que dá.... Tudo culpa do papiiii
 
Renan Calheiros em 20/12/2013 17:15:28
Um playboy qualquer... porque não teve o nome divulgado? Se fosse pobre tava em letra maiúscula.
 
ygor barbosa em 20/12/2013 16:54:46
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions