A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

26/05/2011 14:18

Colocação de piso tátil em calçadas é tema de reunião na Câmara amanhã

Fabiano Arruda

Vereadores de Campo Grande e os secretários do município João Antonio De Marco, de Infraestrutura Transporte e Habitação, e Marcos Antônio Moura Cristaldo, de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, reúnem-se amanhã à tarde, na Câmara, para discutir a cobrança da colocação de piso tátil em calçadas da Capital.

Os secretários devem esclarecer pontos polêmicos como a exigência para edificações que foram construídas há mais de décadas e que estão sendo multadas por não estarem enquadradas na Lei vigente do município.

Durante a sessão ordinária na quinta-feira passada, o tema centralizou as discussões. O presidente da Câmara Municipal, vereador Paulo Siufi (PMDB), questionou a validade do procedimentos em imóveis que foram construídos antes da lei, que passou a vigor em 2008.

“Nem na frente do instituto dos cegos tem piso tátil. Como quer exigir isso na casa das pessoas. Então a gente tem de tomar cuidado. Tenho certeza de que o prefeito não é favorável a isso. Agora vem exigir que se coloque piso táctil que só tem uma empresa que vende em esse material Campo Grande”, disse.

Em Campo Grande todas as calçadas que estão feitas são obrigadas a ter este tipo de piso. Quem não adotar as medidas pode ser multado pela Semadur.



Sr. Ronaldo Serra, só me diga uma coisa: Vão multar a Prefeitura pelo descumprimento da lei?
 
jose alfredo de melo em 26/05/2011 06:30:38
Sr. Ronaldo Serra, está correto aplicar esta Lei Federal para ambas as partes. Porém o peso e medida estão descalibrados, pois poderia ser dada prazo para os contribuientes de impostos fazer caixa para adequar seu estabelecimentos (2012 como vc cita) e não sair aplicando multa no contribuintes, como está acontecendo.
A sugestão seria dar um prazo para adequação e aplicar os rigores da Lei para todos (setor Público e Privado).
 
Marcelo Aguiar em 26/05/2011 05:53:40
Aparentemente com a gasolina funcionou. Façamos um protesto exigindo que em todas as calçadas de órgãos públicos federais, estaduais e municipais tenham piso tátil antes de cobrarem dos pobres pagadores de impostos, que somos nós. Não estamos falando de algo que custe apenas R$10,00... eu não tenho grana para isso, como faço?
 
João Leite em 26/05/2011 04:58:02
Na casa do cidadão, na rua Candido Mariano, que foi construida a pouco tempo também não tem o piso tátil, por que vão exigir que seja colocado em casas antigas?
Primeiro que o prefeito coloque nos lugares publicos e depois cobra dos outros.
 
DALVA JUSTINA GAARCIA em 26/05/2011 04:05:39
Vai ser ótima essa reunião, assim nossos vereadores vão finalmente entender como funciona uma cidade e cumprimento de leis.
 
Rita de Cássia Andrade em 26/05/2011 03:52:34
Não vejo o porquê dessa polêmica, a prefeitura só está cumprindo a Lei, que é FEDERAL. Qual a dificuldade de entender isso, me expliquem?! Já foi explicado mais de mil vezes que a prefeitura só não se adequou ainda porque a verba pra isso não entrou no orçamento desse ano, vai ser em 2012... Qual o grande mistério disso?
 
Ronaldo Serra em 26/05/2011 03:49:41
É fácil criar alguma medida que puna o contribuinte, contudo vejo importante o uso de piso, porém já é muito os proprietários pagarem IPTU caríssimo, fazer calçamento e agora ter que colocar piso por sua conta, isso é inconstitucional e ninguém deve fazer, mesmo os que podem financeiramente! Por menos que isso acompanhamos em outros paises, manifestações todos os dias e os Campograndenses, não vão fazer nada? Cadê a OAB? Cadê o CDDH? Cadê o MPE e MPF? Cadê as polícias Civil, Militar e Federal para prender os bandidos?
 
Juarez Mendes em 26/05/2011 03:35:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions