ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 13º

Capital

Com alta demanda na saúde, prefeitura amplia limite de plantões

Adriane Lopes cita que, apenas em janeiro, atendimento na pediatria aumentou 414%

Por Adriel Mattos | 26/06/2022 08:32
Centro Regional de Saúde do Tiradentes, que atende 24 horas. (Foto: Kísie Ainoã/Arquivo)
Centro Regional de Saúde do Tiradentes, que atende 24 horas. (Foto: Kísie Ainoã/Arquivo)

A prefeita de Campo Grande, Adriane Lopes (Patriota), autorizou a ampliação de plantões dos profissionais de saúde para dar conta da alta demanda de atendimento nas unidades. A medida vale por 120 dias (cerca de quatro meses).

A ampliação é retroativa a 1º abril, mas deve vigorar até 30 de julho. Médicos podem fazer 21 plantões de 12 horas e profissionais da enfermagem e motoristas do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), 17 plantões também de 12 horas.

No decreto publicado em edição extra do Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) na sexta-feira (24), Adriane cita que a procura diária por atendimento na pediatria aumentou 414% em janeiro.

A procura também aumentou nas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) e CRSs (Centros Regionais de Saúde). Foi registrada ainda dificuldade de fechar escalas, além da necessidade de treinamento para profissionais de enfermagem e motoristas do Samu.

O pagamento dos plantões extras, acima do limite atual de 14, só será efetuado a quem comprovar as horas extras nas UPAs, CRSs e no Samu.

Nos siga no Google Notícias