A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017

13/09/2017 11:05

Com fim de greve, enfermagem da Santa Casa vai cobrar multa de acordo coletivo

Aline dos Santos
Santa Casa teve segunda greve consecutiva por atraso salarial. (Foto: Marcos Ermínio)Santa Casa teve segunda greve consecutiva por atraso salarial. (Foto: Marcos Ermínio)

Com o encerramento na tarde de ontem (dia 12) da segunda greve consecutiva, a enfermagem da Santa Casa vai pedir à Justiça do Trabalho cobrança de multa prevista em acordo coletivo. Em agosto e setembro, os profissionais - auxiliares, técnicos e enfermeiros - cruzaram os braços após atraso salarial.

De acordo com Sebastian Rojas, diretor do Siems (Sindicato dos Trabalhadores na Área de Enfermagem de Mato Grosso do Sul), uma das cláusulas dos acordo coletivo é que a empresa seja multada em 10% em caso de descumprimento. “Vamos fazer a cobrança dessa multa”, afirma.

Ainda segundo ele, o hospital tem déficit de 300 profissionais no quadro de enfermagem. Entre segunda e terça-feira, apenas 30% prosseguiram trabalhando, conforme exigência legal. Durante a paralisação, duas cirurgias eletivas de cateterismo tiveram que ser remarcadas.

Nesta semana, a direção do hospital informou que atrasou o salário por falta de repasse da prefeitura. O poder público, por sua vez, alegou que antecipou R$ 7 milhões no dia 6 de setembro, antes do feriado. Do valor, R$ 1,8 milhão é do governo.

O convênio é tripartite – União, Estado e prefeitura -, com repasse mensal de R$ 20 milhões. De acordo com a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde), um novo contrato ainda é estudado. Por enquanto, está vigente um aditivo ao contrato.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions