A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

22/05/2012 17:14

Com mais um artefato militar encontrado, aumenta medo em bairro

Mariana Lopes

Na região do bairro Nova Campo Grande esta é a terceira espécie de bomba que encontram enterrada

Padro mora bem ao lado do terreno onde foi encontrado o segundo artefato militar (Foto: Rodrigo Pazinato)Padro mora bem ao lado do terreno onde foi encontrado o segundo artefato militar (Foto: Rodrigo Pazinato)

Em cerca de um mês, o terceiro artefato militar é encontrado na região do bairro Nova Campo Grande, em Campo Grande. O número aumenta, e o medo dos moradores também. A ameaça de que o objeto pode explodir tem preocupado muitas pessoas, principalmente as que moram ao lado do terreno onde foi encontrada a última “bomba”.

“Vi hoje na imprensa que encontraram mais um... Meu Deus, agora não param de aparecer essas coisas por aqui”, comenta artesã Maria Gonçalvez da Silva, 60 anos, sobre o artefato encontrado ontem na obra do grupo Brooksfield, bem ao lado da casa dela.

“Parecia o barulho de uma panela de pressão explodindo”, compara ao som do artefato que os policiais da Cigcoe (Companhia Independente de Gerenciamento de Crises e Operações Especiais) detonaram ontem.

Com tanta notícia sobre “bombas” e todas bem próximas à casa dela, dona Maria até cogitou a hipótese de se mudar de lá. “Mas agora quem vai querer comprar uma casa aqui?”, questiona a artesã.

Ao lado das obras, há um loteamento de casas (Foto: Rodrigo Pazinato)Ao lado das obras, há um loteamento de casas (Foto: Rodrigo Pazinato)

O “diz que me disse” sobre os artefatos encontrados na região é intenso. Uns falam que são perigosos, que podem explodir a qualquer momento ou daqui a muito tempo, enquanto outros garantem que nem são tão perigosos assim, que não funcionam mais.

Por conta do falatório, a dona de casa Maria Ilda Prates de Souza, 53 anos, até perdeu um pouco do medo. “Minha casa já está construída mesmo, não vou cavar mais nada. Se tiver alguma coisa, está debaixo da terra”.

Ela mora no local há 13 anos e diz que é a primeira vez que ouve falar sobre os artefatos. “Meu marido é ex-militar e ele disse mesmo que aqui foi campo de treinamento”, conta a dona de casa.

Do outro lado do terreno do grupo Brooksfield, o operador de empilhadeira Pedro Gimenes, 41 anos, afirma que ouviu o barulho quando os policiais detonaram o artefato ontem, mas confessou não saber do que se tratava. “Achei que o pneu de algum trator da obra que tinha estourado”, conta.

Sobre o medo, ele garante que não tem. “Só fico meio receoso por causa das crianças, mas não tenho medo. Se chegar a encontrar alguma coisa no meu quintal é só chamar a polícia”, diz.

A equipe de reportagem do Campo Grande News tentou conversar com os operários da obra onde encontraram o artefato ontem, mas eles disseram que não podem falar com a imprensa.

De acordo com a Cigcoe, além dos três artefatos encontrados na região do bairro Nova Campo Grande, a polícia detonou um no bairro Los Angeles, e outros dois no interior do Estado, sendo um em Bonito e outro em Miranda.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions