A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

21/06/2019 11:17

Com reforma de R$ 1 milhão, sede da Fiocruz terá gerador e acessibilidade

Reforma será executada pela TS2 Arquitetura e Construções LTDA, que terá seis meses para entregar o serviço

Jones Mário
Escritório da Fiocruz em Mato Grosso do Sul vai receber reforma, com investimento de R$ 1,1 milhão (Foto: Fiocruz/Divulgação)Escritório da Fiocruz em Mato Grosso do Sul vai receber reforma, com investimento de R$ 1,1 milhão (Foto: Fiocruz/Divulgação)

O escritório da Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) em Mato Grosso do Sul vai ganhar reforma, com investimento total de R$ 1.135.870,35. Entre as melhorias previstas estão a instalação de gerador de energia, revisão da rede elétrica, recuperação predial e adequação às normas de acessibilidade.

A reforma será executada pela TS2 Arquitetura e Construções LTDA, que venceu licitação aberta em março deste ano e terá seis meses para entregar o serviço. O extrato do contrato com a empresa foi publicado na edição de hoje do Diário Oficial da União. A obra será custeada com recursos da Funasa (Fundação Nacional de Saúde).

De acordo com edital de licitação, a Fiocruz precisa da reforma para desenvolvimento das atividades de ensino, sobretudo do EaD (Ensino à Distância). O documento ainda fala na necessidade de manutenção corretiva, como substituição de revestimentos e aparelhos hidrossanitários danificados, além de regularização às normas de acessibilidade.

A obra prevê também a reativação do sistema de alarme de incêndio, revisão dos equipamentos de combate e proteção a incêndio e pânico, reforma do sistema de CFTV (Circuito Fechado de Televisão), recuperação do SPDA (Sistema de Proteção contra Descargas Atmosféricas) e do sistema de aterramento, pintura geral e substituição da guarita do acesso.

Inaugurado em 2011, o escritório fica em Campo Grande, no Jardim das Nações, e vai receber sua primeira reforma. O local tem área de 1.800m², com 470m² edificados.

A criação do escritório regional foi parte da política de expansão e regionalização das atividades de ciência e tecnologia proposta pela Fiocruz, vinculada ao Ministério da Saúde e uma das principais instituições de ciência e tecnologia em saúde da América Latina. A unidade da Capital atua em quatro áreas temáticas prioritárias: meio ambiente e saúde - biodiversidade e agronegócio; saúde das populações indígenas; saúde e sociedade; saúde nas fronteiras.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions