ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUARTA  10    CAMPO GRANDE 12º

Capital

Com retroescavadeira, barracos são derrubados em área no Jardim Los Angeles

Cerca de 70 famílias ocupavam a área pública na Rua Brígida de Melo, desde o último sábado (11)

Por Ana Paula Chuva e Cleber Gellio | 13/06/2022 12:51


Cerca de 70 famílias tiveram os barracos derrubados na manhã desta segunda-feira (13), na Rua Brígida de Melo, Jardim Los Angeles, em Campo Grande. A ação de reintegração contou com equipes da prefeitura usando retroescavadeira, guardas civis metropolitanos e policiais militares. A ocupação recebeu o nome de "Paris", segundo so moradores.

Vídeo enviado ao Campo Grande News mostra o momento em que dois barracos são destruídos pela retroescavadeira. Na imagem, é possível ver ainda viaturas da Guarda Municipal e da Polícia Militar dando apoio na ação.

Segundo o pedreiro Josinei de Araújo da Silva, 26 anos, os agentes chegaram no local por volta das 9h de hoje, já com armas em punho e fazendo uso de gás lacrimogênio e spray de pimenta. No barraco, moravam ele e a esposa Wuelica Vitória, de 18 anos, grávida de 3 meses.

“Isso aqui é área pública, estava tomada por lixo. Viemos ocupar, porque não temos casa e nem como pagar aluguel. Estava cheio de lixo aqui. Eles tiram a gente, mas não tiram o lixo. Chegaram já apontando as armas e usando gás para dispersar a gente, mas não vamos desistir”, disse o pedreiro.

Parte dos poucos objetos que famílias conseguiram retirar dos barracos. (Foto: Direto das Ruas)
Parte dos poucos objetos que famílias conseguiram retirar dos barracos. (Foto: Direto das Ruas)

Assim como ele, a família do pintor Fernando Genário, 38 anos, também teve o barraco derrubado. No local, moravam ele, a esposa Ariane Michelle Vieira, 37 anos, e o filho Marcos Daniel Vieira, 19 anos.

“Só deu tempo de pegar os documentos e sair do local, logo a retroescavadeira derrubou tudo. Até o celular do meu filho ficou no meio dos destroços, não temos nem para onde ir”, declarou Ariane.

Conforme apurado pela reportagem, as famílias estão na área desde sábado (11), quando começaram a limpeza da área e a construção dos barracos. No momento em que o Campo Grande News esteve no local, por volta das 11h, apenas uma viatura da Guarda Municipal fazia rondas.

A reportagem entrou em contato com a prefeitura de Campo Grande e aguarda o retorno.

Viaturas da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Militar no local. (Foto: Direto das Ruas)
Viaturas da Guarda Civil Metropolitana e da Polícia Militar no local. (Foto: Direto das Ruas)


Nos siga no Google Notícias