A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

08/03/2011 17:37

Com sol de volta, terça de Carnaval foi dia de retomar tarefas domésticas

Marta Ferreira e Viviane Oliveira
Varal cheio foi cena comum nos bairros de Campo Grande nesta tarde. (Foto: João Garrigó)Varal cheio foi cena comum nos bairros de Campo Grande nesta tarde. (Foto: João Garrigó)

A terça-feira de Carnaval que trouxe o sol de volta a Campo Grande foi dia de abrir a casa, lavar as roupas, os tapetes, e o mais importante: por para secar aproveitando a trégua que a chuva deu após tantos dias. Foi, também, dia de deixar as crianças brincarem fora de casa e liberar os animais de estimação, prisioneiros do tempo chuvoso por mais de uma semana.

Pelos bairros, a imagem encontrada não foi de uma típica “terça-feira gorda”, de ressaca da folia ou de simples descanso. Foi dia de muito trabalho depois de tanto tempo sem conseguir fazer direito as tarefas domésticas.

No jardim Aeroporto, a dona-de-casa Alfa Teresinha Luiz Pinto, 58 anos, estava contente com o sol que saiu. Ela aproveitou para colocar a roupa no varal. “Estava há uma semana dentro de casa e já estava cheirando mofo”.

Alfa chegou a pensar em lavar tudo de novo. Mas desistiu, com medo do tempo instável. “Vai que chove de novo e eu perco a oportunidade de secar a roupa”.

Ela também tirou o atraso na limpeza da casa e lavou os tapetes, que estavam todos úmidos.

Na casa do vendedor Indalécio Benetido de Oliveira, 61 anos, a rotina foi a mesma. Só que foi preciso improvisar um novo varal na frente da casa, porque a parte do fundo do quintal está toda alagada.

A lavanderia também ganhou novos moradores nos últimos dias: os cachorros da casa que, sem ter para onde ir, ficaram abrigados no local.

Após dias enfurnado na casinha por causa das chuvas, Tobias hoje pode sair ao sol. (Foto: João Garrigó)Após dias enfurnado na casinha por causa das chuvas, Tobias hoje pode sair ao sol. (Foto: João Garrigó)

Prisioneiro do tempo - No Jardim Búzios, o pequeno vira-lata Tobias viveu todos os últimos dias enfurnado dentro da minúscula casa, divindo espaço com o pote de comida.

O dono de Tobias, Nadson Souza Barbosa, contou que o animal não saia de jeito nenhum da casinha enquanto a chuva durou, para se proteger.

Para Raquel Santos Braga, de 24 anos, a terça-feira de Carnaval também foi dia de encher os varais de roupa lavada, que antes estava dentro de casa, estendida sobre o sofá, as cadeiras, onde desse.

Para a cadela de Raquel, Chopinha, foi um dia de liberdade. Após ficar dias presa na varanda da casa, ela pode sair para o quintal e brincar no sol.

A previsão do tempo para os próximos dias continua sendo de possibilidade de chuvas e algumas regiões de Campo Grande ela voltou a aparecer hoje, mas não com a intensidade desta semana, que surpreendeu e provocou muitos estragos, além de mudar a rotina.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions