A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

02/03/2016 07:56

Com suspeito de ataques à solta, Guarda promete reforço em terminal

Fernanda Yafusso
Guardas Municipais continuam realizando rondas no Terminal General Osório (Foto Alan Nantes)Guardas Municipais continuam realizando rondas no Terminal General Osório (Foto Alan Nantes)
Terminal Morenão terá segurança redobrada (Foto Alan Nantes)Terminal Morenão terá segurança redobrada (Foto Alan Nantes)

Após o suspeito de atacar mulheres no Terminal Morenão, Lindomar dos Reis Gomes, 32 anos, conhecido como Bin Laden, ser solto na manhã de terça-feira (1), a pergunta para muitos usuários do transporte coletivo foi: e agora, como fica a segurança no local? A promessa da Guarda Civil Municipal é redobrar a segurança pelo menos nesta área de transbordo, mas a corporação também orienta as pessoas a procurarem os guardas.

Por meio de assessoria de imprensa, a GCM informa que, apesar do reforço de segurança, é preciso que a pessoa procure o guarda e relate a situação no momento em que ela ocorrer, pois só assim o suspeito poderá ser pego em flagrante. Porém, somente com uma ordem judicial a pessoa será impedida de entrar no local.

Sobre o fato de o suspeito ter ficado menos de um dia preso, a Guarda diz que continuará fazendo seu papel, que é retirando-o do terminal e encaminhando-o à delegacia. No caso do Terminal Morenão, a promoção é de atenção especial.

Em todos os terminais existem dois guardas, segundo a assessoria. Nos horários de maior fluxo, são colocadas viaturas para dar suporte às rondas.

Prisão - Conforme a delegada Daniela Kades, da Dpca (Delegacia Proteção a Criança e Adolescente), Lindomar foi autuado por ato obsceno, injúria real e perturbação de sossego. 

Todos os crimes são de menor potencial ofensivo, cuja a pena é de menos de dois anos. E por conta disso, não permanece preso, apenas assina um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência). “Pelo concurso formal, não dá pra fazer flagrante, nem se somar as penas”, esclareceu a delegada.

Segundo Kades, Lindomar foi ouvido e confessou que atacou a adolescente após ela se recusar dar dinheiro a ele e oferecer um pão de queijo. “Ele disse que não era rato para comer queijo”, contou a delegada.

Após o depoimento, o homem foi encaminhado a Casa da Mulher, para que outras vítimas fizessem o reconhecimento dele, mesmo assim o suspeito foi liberado.

Vídeo – Ingrid Matzembacher, 21 anos, foi atacada e agredida verbalmente por Lindomar dentro do terminal de ônibus, após se recusar a dar dinheiro a ele. O relato gravado em um vídeo, foi postado no perfil da vitima no Facebook.

No vídeo, ela conta que, enquanto aguardava o ônibus, foi abordada por um homem que lhe pediu dinheiro. Diante da recusa, o homem passou a xingá-la e a persegui-la com as calças abertas. Para se livrar do ataque, Ingrid subiu no primeiro ônibus que viu pela frente. Depois de três quadras desceu e chamou um táxi.

Ingrid compartilhou o vídeo em sua página de Facebook e pediu ajuda a outras mulheres que foram atacadas pelo mesmo homem. “Eu não fui a única agredida, ele faz isso sempre, todos os dias praticamente! Porque não está preso? Precisamos de mais denúncias! Me ajudem! Pede a estudante em sua página.



Esse cara que não se entrometa com um da minha família ai o bicho pega....
 
Agnalouco em 03/03/2016 18:38:36
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions