ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
ABRIL, SÁBADO  13    CAMPO GRANDE 29º

Capital

Com vacinas prestes a vencer, mutirão contra dengue vai onde há 75% dos casos

Área do Lagoa, de bairros como Portal Caiobá, Tijuca e São Conrado é alvo de ação por concentrar muitos focos

Por Lucia Morel e Ana Beatriz Rodrigues | 02/03/2024 09:27
Agentes recolhem lixo de casa visitada em mutirão. (Foto: Alex Machado)
Agentes recolhem lixo de casa visitada em mutirão. (Foto: Alex Machado)

Com 75% dos casos de dengue em Campo Grande concentrados na região do Lagoa, de bairros como Portal Caiobá, Tijuca e São Conrado, a Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) está com mutirão hoje na área. São 80 agentes de endemias visitando casas e orientando moradores sobre eliminação dos focos de dengue e outras formas de prevenção ao Aedes Aegipty, que transmite ainda chicungunya e zica.

O mutirão ocorre justamente em momento que a vacinação que começou para público de 10 a 11 anos não alcançou nem metade da meta de 90%. Foram apenas 15% aplicadas e o lote enviado pelo Ministério da Saúde vence em 30 de abril. "Ampliamos o público para podermos usar essas vacinas e alcançar a meta", disse secretária municipal de saúde, Rosana Leite.

“Estou mais atenta a tudo, porque só eu sei o que eu passei”, disse a idosa Lucena Von Qlou, 74 anos, que é aposentada e mora no Caiobá com o filho. Ela já teve dengue três vezes e nas duas últimas precisou ser internada. Por causa disso, ela afirma que passou a prestar mais atenção na casa e a eliminar o que pode servir de criadouro. “Meu filho, quando toma uma cervejinha, eu já pego a lata e coloco fechada num saco, para não entrar água”, afirma.

A secretária municipal de saúde, Rosana Leite, afirma que a localidade foi escolhida para a ação de hoje porque concentra 75% dos casos de dengue da Capital neste ano. Como a situação da cidade não é grave como em outras do Brasil, a ideia é se concentrar onde levantamento de casos e focos indica que há muitas ocorrências.

Agente verifica se há focos de dengue em residência. (Foto: Alex Machado)
Agente verifica se há focos de dengue em residência. (Foto: Alex Machado)

O Dia D é um chamamento do Ministério da Saúde e por conta de outra ação, que também ocorre hoje no Caiobá, a “Todos em Ação – a Prefeitura Mais Perto de Você”, houve a ideia de fazer a mobilização contra a dengue lá também. “Além disso, é aqui nessa região que estão registrados a maioria dos casos de dengue da Capital”, afirmou.

Vacinação – Com apenas 15% da meta alcançada até agora, o público foi ampliado para até 14 anos. Mas fora isso, o estoque de vacinas vence em 30 de abril, então é preciso correr contra o tempo para que não se percam as doses enviadas pelo Ministério da Saúde. A vacinação começou para crianças entre 10 e 11 anos e agora o público vai até 14 anos de idade. De 24.639 doses recebidas, apenas 3,695 mil foram aplicadas até agora.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias