ACOMPANHE-NOS    
MAIO, TERÇA  26    CAMPO GRANDE 12º

Capital

Ônibus em circulação passam de 33 para 250 na segunda

A partir de segunda-feira, mais linhas irão atender a população, sem restrição de categorias, por conta do retorno do comércio

Por Silvia Frias | 04/04/2020 09:12
Uso do transporte coletivo estava restrito aos profissionais da saúde (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)
Uso do transporte coletivo estava restrito aos profissionais da saúde (Foto/Arquivo: Henrique Kawaminami)

A partir de segunda-feira, ao todo 250 ônibus do transporte coletivo voltarão a circular em Campo Grande, ampliação que atenderá a demanda e as novas regras de ocupação decorrente do retorno do comércio, não sendo mais restrito aos profissionais da saúde. O serviço estará disponível das 5h às 21h30.

Os detalhes ainda estão sendo finalizados, segundo o presidente do Consórcio Guaicurus, João Rezende. Inicialmente, está definido que o número de ônibus passa de 33 para 250.

O número reduzido atendia somente aos profissionais da saúde, únicos liberados a circular no transporte coletivo.

Rezede disse que alguns detalhes precisam ser fechados, como as linhas que retornar ao funcionamento e como proceder para liberar passageiros nos terminais, pela porta dianteira, já que eles terão direito a usufruir da integração e não deverão pagar passagem.

Outra determinação é que o motorista não saia do ponto de ônibus ou do terminal caso algum passageiro se recuse a sentar ou provocar algum tipo de situação que prejudique o distanciamento mínimo. “É um desafio que a gente precisa analisar, é natural que façamos ajustes depois”, disse.

O retorno gradual do comércio foi anunciado pelo prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, e deverá ocorrer de forma mais contundente a partir de segunda-feira (6). “A partir do momento que detectarmos um número maior de infectados em Campo Grande, vamos retomar medidas mais impactantes", avisou Trad.