ACOMPANHE-NOS    
OUTUBRO, SEGUNDA  18    CAMPO GRANDE 22º

Capital

Comando diz que PM ter matado um e baleado quatro foi lamentável

Por Ana Paula Carvalho | 04/01/2012 12:16
Comandante da PM, coronel Carlos Alberto David
Comandante da PM, coronel Carlos Alberto David

O comandante da Polícia Militar, coronel Carlos Alberto David dos Santos, lamentou a morte de Wilson Meaurio, de 41 anos, durante uma confusão com o policial militar Samuel Araújo Lima, de 34 anos, na madrugada do primeiro dia do ano, durante o balanço do policiamento de fim de ano.

Além de Wilson, Ionar Marília Monteiro Pereira, de 37 anos, ex-mulher dele, Maikson Pereira Meaurio, 15 anos, Mateus Quirino Pereira Dias, de 16 anos, e Maysson Pereira Meaurio, de 10 anos, também foram baleados.

Ainda de acordo com o comandante, a nota oficial divulgada pela PM foi baseada no boletim de ocorrência e não quis eximir a culpa do policial. Ele (comandante) não trata o caso como legítima defesa e diz que o “fato foi lamentável”. “O Comando se junta a família da vítima”, afirma o coronel.

Questionado sobre a conduta dos policiais militares, coronel David afirmou que eles são diariamente submetidos a uma carga de estresse excessivo e por isso passam por acompanhamento psicológico pare estarem preparados para lidar com esse tipo de situação.

O PM está afastado das funções e permanece detido no Presídio Militar. Ele foi autuado por tentativa de homicídio e homicídio qualificado, por não ter dado chance de defesa a vitima.

Samuel é lotado no 9º BPM e está na Polícia desde 2008. Ele vai ser submetido a exame psicológico e o conselho de disciplina vai julgar se ele tem condições morais para continuar na instituição.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário