ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEXTA  21    CAMPO GRANDE 30º

Capital

Concessionária importa tecnologia israelense para melhorar sistema de água

Vinícius Squinelo | 09/01/2014 19:54

A Águas Guariroba, concessionária responsável pelos serviços de água e de esgoto de Campo Grande, será a primeira empresa de saneamento do Brasil a utilizar um sistema desenvolvido pela empresa Israelense TaKaDu para monitorar e analisar a eficiência da distribuição de água. A tecnologia permite detectar, em tempo real, qualquer não conformidade no funcionamento da rede de abastecimento: queda de pressão, pressão elevada, possíveis vazamentos ou locais com problemas de desabastecimento, por exemplo. O objetivo é reduzir ainda mais os índices de perdas de água na cidade, que hoje é de cerca de 20% - um dos menores entre as capitais brasileiras.

Nos dias 8 e 9 de janeiro, representantes da TaKaDu vindos de Israel estiveram reunidos com a equipe da Águas Guariroba para dar início ao trabalho de implantação do programa. O pesquisador Raz Ziv, que ajudou a desenvolver a tecnologia, e a engenheira industrial Gili Hirsh, gerente de contas, apresentaram o funcionamento do software, que tem como função principal monitorar e gerenciar a rede de distribuição de água. No encontro, foram definidas as ações necessárias para implantar o sistema – que será alimentado com dados reais sobre a rede de abastecimento de Campo Grande. Esta fase deverá estar concluída em março, quando a primeira versão do software já estará pronta para ser utilizada.

Entre as principais vantagens do uso da tecnologia estão: entender as causas e detectar problemas antecipadamente, minimizar perdas, melhorar a gestão operacional e, consequentemente, os serviços prestados à população. “Um dos maiores benefícios é a possibilidade de detectar vazamentos quando ainda estão bem pequenos, antes que o rompimento aconteça”, afirma Hirsh, que representará a TaKaDu junto à Águas Guariroba.

O projeto piloto para a utilização do sistema desenvolvido pela TaKaDu iniciou em Campo Grande, mas a ideia é levar a tecnologia às demais concessionárias da Aegea - holding de saneamento do Grupo Equipav, que está presente em 29 municípios em seis estados brasileiros. “Fomos até Israel e vimos esse sistema funcionando. Nossa expectativa em relação a ele é muito grande e vamos trabalhar fortemente para obter bons resultados. Se tudo der certo, com certeza será replicado nas outras empresas do grupo”, destaca José João Fonseca, presidente da Águas Guariroba.

O objetivo é que o sistema da TaKaDu contribua para reduzir ainda mais as perdas no sistema de abastecimento de água. Atualmente, o Programa de Redução de Perdas desenvolvido pela Águas Guariroba na Capital é referência no Brasil, por ter conseguido reduzir o índice que chegava a 56% (2006) para cerca de 20% (2013). Em 2014, a empresa deverá investir R$ 2 milhões na ação. A média nacional de perdas de 38,8%. Do ponto de vista ambiental, reduzir perdas significa preservar os recursos hídricos, pois diminui a necessidade de captar água da natureza para abastecer a população. Também reduz o consumo de energia elétrica. Para os consumidores, impacta diretamente na melhoria da qualidade dos serviços: minimizam-se transtornos com vazamentos e faltas de água por manutenção.

Tecnologia – A TaKaDu é líder global em monitoramento de redes de distribuição de água. Sua solução inovadora tem contribuído para a eficiência de várias companhias de saneamento básico na Europa, Austrália, América Latina e Oriente Médio. O sistema desenvolvido pela empresa Israelense e adotado na Águas Guariroba permitirá que os técnicos visualizem, na tela do computador, em tempo real, qualquer anomalia na rede de distribuição de água e saber sua localização no mapa da cidade.

O software é alimentado com dados históricos, cadastro georreferenciado sobre a localização das redes em cada região da cidade, além de receber um fluxo contínuo de informações sobre o funcionamento do sistema de abastecimento de água, transmitidas em tempo real por equipamentos de telemetria já instalados pela Águas Guariroba.

O sistema é on line, está hospedado na internet e pode ser acessado de qualquer lugar do mundo. Os dados, alocados em “nuvem” (cloud), são continuamente processados por algoritmos estatísticos. Desta forma, o software traça uma previsão do que seria o comportamento normal da rede de abastecimento de água e identifica não conformidades, os chamados “eventos”. “O sistema disponibiliza uma lista de “eventos” e os relaciona a uma possível causa. O usuário deverá olhar para eles e analisar: se é um vazamento, um macromedidor parado ou mesmo um alarme falso”, afirma a representante da TaKaDu, Gili Hirsh. Além de contribuir para detectar e resolver problemas com mais agilidade, tornando a operação no dia a dia mais eficiente, as informações fornecidas pelo software serão utilizadas no planejamento de novos investimentos em curto, médio e longo prazo.

Nos siga no Google Notícias