A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

27/03/2015 12:39

Confusão começou com briga entre "pista e camarote", dizem clientes

Ângela Kempfer
Foto de cliente no chão, que teria passado mal com gás de pimenta.Foto de cliente no chão, que teria passado mal com gás de pimenta.

“Acho que o povo do camarote resolveu tirar sarrinho do povo da pista e a briga ganhou proporção generalizada”, conta professor de Educação Física que estava ontem na casa noturna Wood’s, durante tumulto que deixou feridos e destruição.

Segundo ele, depois de um “empurra-empurra” na pista, controlado por seguranças, pessoas nos camarotes começaram a jogar taças e garrafas na pista. “O povo que estava na pista começou a revidar e a coisa ficou maluca”, relata o professor.

Analista de RH, de 28 anos, que também não quer ter o nome revelado, diz que até “mesa foi jogada lá de cima por quem estava no camarote”.

Ela estava pela primeira vez na casa, já que mora em Campo Grande há apenas 2 meses. “Fui com o meu marido e meu primo. Nunca tinha visto nada parecido”.

Segundo a jovem, a ordem que mais revoltou foi a de trancar a porta de emergência. “Não deixavam ninguém sair, até que as pessoas pagassem. Só abriram quando a Polícia Militar chegou”, afirma.

No momento da briga, a banda Luxúria, que mistura funk e sertanejo, já se despedia no palco.”Tinha muita gente bêbada. Foram uns 15 minutos de confusão. Parecia filme de terror”, define.

Paula Oliveira estava no camarote e reclama que pagou R$ 120,00 para entrar na casa e “não havia seguranças suficientes".

Ela enviou uma foto de uma mulher, atendida por amigos no chão. “A polícia usou gás de pimenta, esse é o motivo dessa menina passando mal no chão”, explica.

Para escapar ilesa, Paula diz que correu com uma amiga para área de fumantes. “Nunca vi algo dessa proporção. Em lugar nenhum aqui em Campo Grande”, comenta.

Veja o vídeo da pancadaria na madrugada de hoje:



E essa é a elite, a quem todos terão de abaixar a cabeça e chamar de "doutor". Parabéns a esse povo, acabaram de mostrar porque o Brasil não vai pra frente...
 
Guilherme Arakaki em 27/03/2015 15:41:47
Nossa, quanta gente civilizada em um único local....
Se estivessem em casa, isso não teria acontecido, afinal, hoje todos trabalham( ahh, não, aliás, nem todos, tens uns "riquinhos"que não precisam.
Que dó, que dó, que dó.
 
Nandialla em 27/03/2015 15:26:36
Deixa eu ver se eu entendi: tudo isso começou por "invejinha"? O seres humanos são admiráveis.
 
Cyro Escobar Ribeiro Neto em 27/03/2015 13:57:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions