A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/09/2013 19:00

Conselho de Medicina vai abrir sindicância para apurar morte de bebê de 13 dias

Luciana Brazil
Bianca percorreu duas unidades antes de ser atendida na UPA do bairro Coronel Antonino. (Foto: Arquivo pessoal)Bianca percorreu duas unidades antes de ser atendida na UPA do bairro Coronel Antonino. (Foto: Arquivo pessoal)

O Conselho Regional de Medicina de Mato Grosso do sul (CRM/MS) vai abrir sindicância para apurar o caso da menina Bianca de 13 dias, que morreu na última segunda-feira (16) após percorrer duas unidades hospitalares e não receber atendimento em Campo Grande.

O vice-presidente do conselho, Alberto Cubel Brull Junior , disse que a entidade vai apurar se houve ou não ilícito médico, de diretores ou funcionários dos hospitais. “Eu como médico não posso negar atendimento, tenho que salvar a vida. Mas sobre o caso não é possível fazer juízo algum, já que, por enquanto, não sabemos o que aconteceu em cada unidade”, frisou.

“A mãe da Bianca pode ter chegado no El Kadri ou na maternidade e disseram para ela que não faziam este tipo de atendimento, mas o medico que está lá dentro pode nem ter ficado sabendo que o bebê esteve lá, ou ainda pior, que ele estava naquela situação. Por isso não posso fazer juízo da situação”.

Um dos hospitais percorridos pela família de Bianca se pronunciou na tarde de hoje. A diretora administrativa do El Kadri, Amélia Porto, afirmou que o unidade não tem atendimento pediátrico desde 2010. “Foi uma opção do conselho, e desde então, não temos mais”.

Ela disse ainda que os únicos pediatras que atendem no hospital fazem parte da equipe de cirurgia de parto. “Cada equipe tem um pediatra”.

A maternidade Candido Mariano prometeu que o diretor -presidente deve se pronunciar amanhã.

Porém, Cubel adiantou que não há na maternidade o atendimento chamado de “porta aberta”. “O hospital não tem porta pronto-socorro. Tem sala de parto, neo-natal e UTI, mas não é um hospital de porta aberta, como costumamos chamar”.

A orientação de Cubel é, nestes casos, ir para o Prontomed, na Santa Casa, ou para o Hospital Regional. "A pessoa também pode ligar para o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Eles vão dar a orientação".



Senhor Vice Presidente, Dr. Alberto Cubel Brull Junior, parabéns pela sábia decisão, porem que seja de imparcialidade essa sindicância e que a população e PRINCIPALMENTE a família da pequena BIANCA seja esclarecida dos fatos e os CULPADOS responsabilizados.
NEI SALVIANO
 
nei salviano em 19/09/2013 07:29:53
Não sei o que é pior o descaso no atendimento,ou essas sindicância, CPI,que não resultam em nada, cadê o Ministério Público? os Direitos das Crianças? é só no Papel que existem?
 
Lia Alves em 18/09/2013 21:35:23
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions