A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018

27/07/2018 12:34

Constrangido com estado de prédio, Marquinhos autoriza reforma na prefeitura

Obra terá teto de R$ 110 mil, de acordo com edital publicado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande)

Mayara Bueno
Ainda no plenarinho, cadeiras de visitantes e imprensa. (Foto: Divulgação/Prefeitura).Ainda no plenarinho, cadeiras de visitantes e imprensa. (Foto: Divulgação/Prefeitura).

A prefeitura de Campo Grande autorizou reforma de até R$ 110 mil no plenarinho e recepção do prédio, conforme divulgado no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande) desta sexta-feira (dia 27). Segundo o chefe do Executivo, Marquinhos Trad (PSD), o município resolveu fazer a obra já que recebe muita gente de fora e, com as instalações em condições ruins, a sensação é de "constrangimento".

"Péssima impressão aos empresários e investidores". Em uma das visitas mais recentes, a prefeitura recebeu o presidente da Stock Car. "Fiquei constrangido de vê-lo sentar numa cadeira rasgada".

O prédio atual, localizado na avenida Afonso Pena, entre as ruas Arthur Jorge e 25 de Dezembro, é a terceira sede do município e, mesmo assim, bem antigo. A construção foi concluída em 1979, nove anos após o inícío.

Mesmo nova, a sede começou a apresentar problemas de espaço, depois da criação de Mato Grosso do Sul e com Campo Grande alçada à condição de capital do Estado. Na ocasião, muitas repartições foram para outros locais em casas alugadas, espalhadas pela cidade.

Porta do plenarinho da prefeitura. (Foto: Divulgação/Prefeitura)Porta do plenarinho da prefeitura. (Foto: Divulgação/Prefeitura)

Segundo o secretário de Infraestrutura da Capital, Rudi Fioresi, a reforma vai abranger também pintura, trocas de pisos, de forro e porta, se necessário, além do sistema elétrico. O teto da licitação será R$ 110 mil, mas o prefeito afirma que alguns itens poderão ser retirados, baixando o preço da obra em si para R$ 40 mil a R$ 50 mil.

Ainda de acordo com a assessoria, o edital será publicado novamente, pois o original, que saiu hoje, está com algumas questões técnicas equivocadas.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions