A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 20 de Setembro de 2018

02/10/2017 20:53

Contra privatização da MSGás, funcionários prometem greve nesta terça

Nyelder Rodrigues

Trabalhadores da MSGás, empresa estatal do Governo do Estado que explora o gás natural em Mato Grosso do Sul, prometem entrar em greve por um dia nesta terça-feira (2), em protesto contra a privatização da companhia. O movimento regional faz parte das ações no país do Dia de Luta pela Soberania Nacional.

A manifestação será engrossada também por funcionários da Eletrosul, companhia federal que está na lista de privatizações do governo Temer. Durante a paralisação em Campo Grande, os trabalhadores pretendem fazer um ato na Assembleia Legislativa, onde um dos representantes falará sobre o movimento na tribuna.

"A privatização prejudica os trabalhadores e o próprio desenvolvimento do Estado, uma vez que a MSGás é uma empresa rentável. Isso sem falar que a qualidade do atendimento diminui e o preço sobe", pontua o diretor do Sinergia-MS (Sindicato dos Trabalhadores na Indústria e Comércio de Energia no Estado de Mato Grosso do Sul), Élvio Vargas.

Em 11 de agosto, também foi feito um protesto contra a privatização. A nova manifestação foi aprovada em assembleia na terça-feira (26) passada, sendo que a pauta do acordo coletivo que será discutido também foi aprovada.

Segundo o setor sindical, o Governo do Estado pode abrir mão de uma empresa que atua em um setor estratégico e lucrativo caso privatize a MSGás, já que apresentou lucro líquido de R$ 12,9 milhões em 2016 - nos dois últimos anos o aumento foi de 154%. Os dados são do relatório anual da empresa estatal.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions