A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

12/11/2011 19:15

Corpo de soldado dos bombeiros morto por policial federal começa a ser velado

Paula Maciulevicius

A Polícia Federal ouviu 4 testemunhas pela manhã e aguarda laudos da Polícia Civil para esclarecer as circunstâncias da morte do soldado

Paulo Sérgio morreu na madrugada de hoje depois de trocar tiros com um policial federal, em uma boate de Ponta Porã. (Foto: Correio de Corumbá)Paulo Sérgio morreu na madrugada de hoje depois de trocar tiros com um policial federal, em uma boate de Ponta Porã. (Foto: Correio de Corumbá)

O corpo do soldado do Corpo de Bombeiros Paulo Sérgio da Silva Pompeu, de 22 anos, começa a ser velado agora na capela da Pax Mundial, na avenida Ernesto Geisel, próximo ao Horto Florestal, em Campo Grande.

Paulo Sérgio morreu na madrugada de hoje depois de trocar tiros com um policial federal em uma boate em Ponta Porã, a 323 quilômetros da Capital.

O soldado era lotado no 3º Grupamento de Bombeiros de Corumbá e estava de folga.

De acordo com informações apuradas pelo Campo Grande News, dois policiais federais foram à boate atrás de um traficante que estaria no local. Porém, durante a investigação, um dos policiais, Carlos Roberto Statquevios, acabou se desentedendo com a vítima, que não estava de serviço.

Durante a discussão, o bombeiro teria ameaçado o policial de morte. Em seguida, foi até o carro pegou uma pistola calibre 765 e efetuou quatro disparos para o alto. O policial ainda o advertiu dizendo que também estava armado.

Mesmo com o alerta, o bombeiro efetuou mais disparos contra o policial, que reagiu e acertou um tiro no abdômen da vítima.

A Polícia Federal ouviu quatro testemunhas pela manhã e aguarda laudos da Polícia Civil para esclarecer as circunstâncias da morte do soldado.

As declarações das testemunhas e os laudos elaborados pela Polícia Civil, que fez perícia no local, irão ajudar a esclarecer as circunstâncias da confusão que terminou em tiros e morte.

Além do inquérito policial, foi aberto procedimento disciplinar.



SÓ ESPERO Q A JUSTIÇA SEJA FEITA!!!
 
jaquelini arruda em 14/11/2011 02:07:42
Esta virando moda policias federais matarem militares.Cade a justica?????????????
 
maria solidade em 12/11/2011 11:44:29
A PF mostrando sua força e poder. Isso vai acabar em pizza, como acabou outros casos parecidos.
Lembram, do ciclista de Rio Verde que treinava anos atrás próximo a Uniderp na chácara cahoeira? esse foi baleado por um PF nunca mais notícias. Lembram, do PF que invadiu meses atrás armado a casa de um pecuarista? nunca mais nem notícias também.
Alguma autoridade precisa apurar esses fatos.
 
juan charlymoon em 12/11/2011 10:32:40
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions