A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

18/07/2013 15:17

CPI cogita fazer acareação e pede para juiz vetar viagem de Siufi aos EUA

Nadyenka Castro
Adalberto Siufi prestou depoimento nessa quinta-feira à CPI da Saúde. (Foto: Cleber Gellio)Adalberto Siufi prestou depoimento nessa quinta-feira à CPI da Saúde. (Foto: Cleber Gellio)

Com o argumento de que poderá convocar novamente o médico Adalberto Siufi, a CPI da Saúde da Câmara Municipal pede para Justiça negar ao oncologista permissão para viajar aos Estados Unidos.

"Após a checarmos documentos e avaliarmos seu depoimento, acreditamos que a qualquer momento podemos convocá-lo novamente, por conta de contradições e respostas evasivas dadas na oitiva realizada ontem", destacou Flávio César (PT do B), presidente da comissão, que também é formada pela relatora Carla Stephanini (PMDB) e pelos membros Marcos Alex (PT), Cazuza (PP) e Coringa (PSD).

A Comissão quer acareação entre Siufi, que foi afastado da presidência, e o quadro clínico do Hospital do Câncer, e a atual gestão da unidade de saúde, que foi composta após denúncias de irregularidades na administração anterior.

Como a acareação pode ser convocada para os próximos dias, os vereadores pedem que a Justiça não permita que o oncologista vá aos Estados Unidos. Ele quer passar 15 dias no País, para visitar o filho, o neto e a nora que lá moram.

O médico precisa de autorização da Justiça para deixar o País porque responde a processo por posse irregular de arma de fogo. A PF (Polícia Federal) encontrou arma na casa dele e por este motivo foi preso em flagrante e liberado após pagamento de fiança.

Adalberto Siufi foi ouvido nessa quinta-feira pela CPI e entregou documentos. Entre as acusações a ele imputadas estão a de que recebeu do SUS (Sistema Único de Saúde) por tratamento de paciente morto e de superfaturamento em contratos do Hospital do Câncer, um deles com a clínica particular da qual é dono.

Trabalhos continuam - Mesmo durante o recesso parlamentar, a CPI se reúne para analisar documentos e escutas telefônicas nos próximos dias.

A comissão ainda pretende convocar os ex-presidentes do Conselho Gestor do HC, dentre eles Blener Zan, e os ex-secretários Municipais e Estaduais de Saúde, Beatriz Dobashi, Luiz Henrique Mandetta e Leandro Mazina. A próxima oitiva, já agendada, será no dia 31 de julho, com familiares de pacientes e usuários dos serviços no hospital.



Por que não pedem a sua prisão preventiva logo, está ficando bem claro que ele tenciona fugir do país.
 
Kaio Gleizer em 19/07/2013 08:08:20
um pastor me falou uma vez, cuidado com os medicos! que muitos medicos são anjos do demonio, estão ai para matar, sei que aqui na minha cidade entre os anos 2000 e, 2008 muitas mulheres morreram de parto em um tal hospital e o pior é que quem era diretor hoje é deputado federal, que Deus proteja nossos entes queridos destes malditos
 
antoniosegurança em 19/07/2013 00:39:37
Êta, Betinho, você é um sarro, mesmo! Quer gastar a grana roubada na Disney, né? Você é uma vergonha para seus netinhos. Vovô ladrão, mas bonzinho. Zan,zan,zan... quanta sujeirada.
 
samuel gomes-campo grande em 18/07/2013 21:17:53
Cadê a justiça, ainda não confiscou o Patrimônio deste elemento, ainda quer viajar, viajar para que, esse cidadão se fosse num Pais com justiça, teria sido julgado a pena de morte ou prisão perpétua e com a devolução de todo o dinheiro roubado do povo!!!
 
Valter Vieira Alves em 18/07/2013 21:07:14
Não entendo o porque dessa perseguição desmensurado contra este médico tão bondoso e dedicado que tratava até de paciente já morto.
 
diva aquino em 18/07/2013 20:44:25
se liberar para viagar....PERDEU PLAYBOY
 
Alex André de Souza em 18/07/2013 16:54:37
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions