A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/07/2013 20:54

Adalberto culpa falha em sistema por cobrança de tratamentos em mortos

Nyelder Rodrigues e Helton Verão
Primeira da esquerda para direita, Adalberto Siufi foi convocado a depor na CPI da Saúde nesta quarta-feira (Foto: Cleber Gellio)Primeira da esquerda para direita, Adalberto Siufi foi convocado a depor na CPI da Saúde nesta quarta-feira (Foto: Cleber Gellio)

O médico Adalberto Siufi apontou nesta tarde, em depoimento na CPI da Saúde da Câmara Municipal, que a culpa pelo pagamento de tratamentos médicos em pessoas já mortas é do sistema de planejamento de tratamentos.

Conforme Adalberto, todo paciente precisa de um planejamento de tratamento criado em sistema informatizado, e o período desse tratamento é calculado e lançado neste sistema.

Porém, ele conta que no caso de morte de pacientes em tratamento, o sistema segue com os pagamentos, que são ressarcidos posteriormente. Além disso, Siufi disse não tem controle sobre tal sistema.

Superfaturamento – Quando perguntado sobre os valores cobrados acima da tabela do SUS, Siufi se esquivou afirmando que serviços feitos como procedimento cirúrgico podem ser cobrados além da tabela, em negociação anterior.

Sobre o alto salário que chegava a ser de R$ 100 mil e crescimento da empresa Neorad, terceirizada do qual é dono e que prestava serviços de tratamento oncológico ao SUS, Adalberto disse que tudo é fruto do trabalho dele.

O médico ressaltou que desde 2004 a clínica Neorad teve uma alavancada pois passou a oferecer serviços de radioterapia, e que os serviços da empresa tiveram preferência após o deputado federal Luiz Henrique Mandetta (DEM) pedir por ajuda.

Na época, segundo Siufi dia 14 de setembro de 2012, haviam 200 pessoas na fila da radioterapia do SUS, problema sanado pelo Neorad em quatro meses.

Compra de equipamentos – Já ao ser indagado sobre a compra de um equipamento para radioterapia na Neorad, em valor superior a R$ 1 milhão, Adalberto afirmou que fez a aquisição usando recursos do FCO (Fundo Constitucional de Financiamento do Centro-Oeste).

Durante a fala, o médico contou que a negociação foi intermediada por um homem chamado Nelson, que estava na plateia. Siufi apontou para o homem, que se levantou e passou a falar para o caso. Este foi o único momento em que alguém da plateia também depôs.

Desconhecimento – Sempre em tom de desconhecimento das acusações feitas a ele, Adalberto Siufi se defendeu afirmando que todas as contas eram auditadas pela Prefeitura, aprovando todos os procedimentos.

Sobre a amizade com Blender Zan, ex-presidente do conselho curador do HC em sua gestão, Adalberto confirmou a relação, e disse ser igual a qualquer outra, não vendo nenhum problema em ela existir.

Ao fim de depoimento, Adalberto entrega documentos e debocha de vereador Coringa
Ao termino de seu depoimento no plenarinho da Câmara de Vereados, na CPI da Saúde, o médico Adalberto Siufi entregou vários documentos, além de satir...
Oncologia do HU não fechou e foi transferida para o HR, diz Adalberto
O médico Adalberto Siufi explicou à CPI da Saúde na Câmara dos Vereadores que o setor de oncologia do Hospital Universitário (HU) não foi fechado. Ap...
Adalberto diz que foi professor de Dorsa e não entende massacre moral
O médico Adalberto Siufi afirmou, em depoimento à CPI da Saúde da Câmara Municipal, na tarde de hoje, que não tem qualquer relação com o ex-diretor d...


Esse é um pais chamado BRASIL,berço esplêndido para corruptos,como disse Ruy Barbosa,de ver triunfar as nulidades, de tanto ver prosperar a desonra,de tanto ver crescer as injustiças,de tanto ver agigantarem-se os poderes nas mãos dos maus.O homem chega a desanimar-se da virtude a rir da honra e a ter vergonha de ser honesto.
 
marco antonio em 18/07/2013 10:49:35
Esse senhor debocha, desdenha e menospreza a capacidade intelectual de toda a população campo-grandense, inclusive dos deputados (que estão se mijando de medo dele).

Garanto que ele tem a plena convicção de que tem uma inteligência superior e que somos todos um bando de ignorantes, de bichos. Ele embolsou nosso dinheiro e ri da gente por causa do circo montado.

Que vergonha!

 
Guaraci Mendes em 18/07/2013 07:45:54
Gozado que esses sistemas nunca deixam de cobrar dos vivos, e agora "aprenderam" a cobrar os mortos...
 
Marcos Figueiredo em 17/07/2013 22:34:28
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions