A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

20/03/2011 13:09

Defesa de jovem preso após morte em casa noturna tenta liberdade amanhã

Aline Queiroz

Segurança faleceu depois de levar soco no peito de treinador de jiu jitsu

Segurança morreu após briga com cliente de casa noturna. (Foto: Arquivo pessoal)Segurança morreu após briga com cliente de casa noturna. (Foto: Arquivo pessoal)

O advogado Abdalla Maksoud Neto, que atua na defesa do estudante de Direito Christiano Luna de Almeida, 23 anos, ingressará amanhã com pedido de liberdade provisória para o jovem, preso desde ontem em decorrência da morte do segurança Jeferson Bruno Escobar, 23 anos. Jeferson trabalhava em uma casa noturna localizada na Avenida Afonso Pena, onde acabou envolvido em uma briga com o cliente Christiano. O estudante treina jiu jitsu e desferiu um golpe no peito do segurança, que morreu antes mesmo de ser socorrido da calçada da casa noturna.

De acordo com o advogado, o documento já está feito e falta apenas formalizar o pedido.

Enquanto a Justiça não define a situação de Christiano, ele está em uma cela da Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) do Centro.

Foi nesta delegacia que o rapaz acabou autuado em flagrante por lesão corporal seguida de morte.

O advogado já havia afirmado ontem que trabalha com a tese de legítima defesa para o caso e aguarda laudo que apontará a causa da morte de Jeferson.

Para a Polícia, a briga terminou em morte e, por este motivo, Christiano acabou preso.

Depois de fazer “brincadeiras” com garçons e algumas clientes que estavam no local, Christiano foi advertido por Jeferson.

Ele importunou os garçons pela terceira e, somente então, foi retirado do prédio por Jeferson.

Christiano deixou o local e foi para a casa, no Bairro Chácara Cachoeira, área nobre de Campo Grande.

Foi na residência onde mora que acabou preso, porque testemunhas anotaram a placa do carro que ele usava.

Jeferson foi sepultado esta manhã e familiares cobram justiça.



E sempre assim, esses filinhos de papai saem na noite para tocar o horror e a mesma conversa de sempre LEGÍTIMA DEFESA,trabalhei com Jeferson Bruno e ele era uma pessoa amavél q jamais usaria de violência contra ninguém...um rapaz q tinha planos estudava a familia que sofre agora coma perda de Bruno,JUSTIÇA JÁ!
 
luiza marta em 21/03/2011 11:53:24
alem de ser um assassino, estava embriagado e dirigindo, bem que poderia ter metido o carro em um poste tambem, o cara tem dinheiro, quer dizer, os pais dele tem dinheiro, ate quando vamos ver animais como esse por ai, daqui a pouco esta solto fazendo mais e mais.
 
jose carlos em 21/03/2011 08:13:31
e sempre desse jeito ne legitima defesa ne coverssa esse rapas e um marginal e tem que paga cenão vai vira moda e que te justiça ja ou ela n esiste!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
alberto da costa cruz lobo em 20/03/2011 06:31:53
ESSE ELEMENTO DEVE FICAR UM BOM TEMPO PRESO PRÁ APRENDER À SE PORTAR COMO UM SER HUMANO E NÃO UM ANIMAL.CONHECEDOR DE ARTES MARCIAIS,DEVERIA TER RECEBIDO PRIMEIRO UMA MELHOR EDUCAÇÃO EM CASA E DEPOIS NA ACADEMIA ,ONDE APRENDE ARTES MARCIAIS.ELE JÁ TEM ANTECEDENTES ,DEVERIA SABER QUE UM PRATICANTE DE ARTES MARCIAIS NÃO BRIGA,ELE LUTA. SE POR VENTURA A VITIMA ESTIVESSE ARMADA E TIVESSE SOBREVIVIDO À AGRESSÃO PODERIA ALEGAR LEGITIMA DEFESA APÓS DESCARREGAR A ARMA NESTE ELEMENTO POR SER ELE PRATICANTE DE ARTES MARCIAIS.AI SIM HAVERIA LEGITIMA DEFESA!
 
NILSON FRANCO DE OLIVEIRA em 20/03/2011 06:22:45
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions