A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

09/06/2015 14:41

Definida empresa que implantará semáforos em rotatória e pista adicional

Aline dos Santos
Rotatória  vai receber dez semáforos. (Foto: Fernando Antunes)Rotatória vai receber dez semáforos. (Foto: Fernando Antunes)
Acesso de 300 metros à rua Antonio Teodorowick está fechado desde 204. (Foto: Fernando Antunes)Acesso de 300 metros à rua Antonio Teodorowick está fechado desde 204. (Foto: Fernando Antunes)

Quase um ano depois de receber o dinheiro para reordenamento da rotatória entre as avenidas Mato Grosso e Via Parque, a prefeitura de Campo Grande definiu a empresa que vai executar as obras. As intervenções de drenagem e infraestrutura urbana serão feitas pela Via MS Engenharia e Consultoria Ltda.

Conforme o projeto, serão instalados dez semáforos com regulagem para atender o fluxo, área de estacionamento na rua Antônio Maria Coelho e abertura de pista adicional nos dois sentidos da avenida Mato Grosso. A faixa de acomodação, nas imediações da intersecção, vai utilizar parte do canteiro central e da lateral da Mato Grosso. A avenida também terá Onda Verde, com sincronismo dos semáforos.

Junto com os semáforos, serão instalados controladores com capacidade de implementar até 15 planos de tráfego, que ajustarão os tempos dos equipamentos inclusive para os feriados e finais de semana.

Ponto de estrangulamento do trânsito, a rotatória foi protagonista de vários projetos desde 25 de junho de 2014, quando o governo do Estado, por meio do Detran/MS (Departamento Estadual de Trânsito), repassou R$ 1,3 milhão à prefeitura.

Na ocasião, foi anunciada a remoção da rotatória. Contudo, a Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito) desistiu. A justificativa é de que serão mantidas as conversões, tanto para quem vem do Parque dos Poderes, quanto para quem vem do Centro.

Também fez aniversário o acesso de 300 metros à rua Antonio Teodorowick, no Carandá Bosque. O trecho está fechado com manilhas desde julho. A justificativa é que somente pode ser liberado quando a rotatória passar pelo reordenamento. A reportagem procurou a assessoria de imprensa da Agetran e aguarda reposta sobre a data de início das obras.

Licitação - A tomada de preços 08/2015 foi lançada em 13 de março deste ano. As propostas foram recebidas no dia primeiro de abril. Porém, na ocasião, somente houve interessados no lote 2, com valor máximo de R$ 1.081.427,37 para implantação de sinalização horizontal, vertical e semafórica. As empresas Edson Silva Painéis Eireli ME, de Aquidauana, e Via MS Engenharia e Consultoria Ltda, de Campo Grande, apresentaram proposta.

A licitação do lote 1 foi repetida no dia 30 de abril e recebeu proposta somente da Via MS. O lote1, com teto de R$ 244.562,87, prevê drenagem e obras complementares de acessibilidade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions