A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

28/10/2011 17:32

Delegacia da Mulher apura violência contra jovem no Jardim Aeroporto

Nadyenka Castro

Uma equipe foi destacada para conversar com a vítima, autor e pegar cópia do prontuário

De acordo com delegada, vítima, autor e outras pessoas serão ouvidas. (Foto: João Garrigó)De acordo com delegada, vítima, autor e outras pessoas serão ouvidas. (Foto: João Garrigó)
Casa onde crime aconteceu. Local foi danificado. (Foto: João Garrigó)Casa onde crime aconteceu. Local foi danificado. (Foto: João Garrigó)

A Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) está responsável pela investigação da violência contra uma jovem de 24 anos cujo autor foi linchado e teve a casa destruída, no Jardim Aeroporto, em Campo Grande.

De acordo com a delegada Rosely Molina, uma equipe foi destacada para ir ao hospital onde vítima e autor estão internados para ouvi-los e também analisar o prontuário de atendimento da jovem.

Ela explica que o caso chegou ao conhecimento da Polícia inicialmente apenas como lesão corporal, sem a violência sexual.

Após divulgação pela imprensa de que moradores contaram que houve estupro e o autor havia sido espancado, os policiais foram à Santa Casa.

Em conversa inicial com a jovem ela negou o estupro, mas, mostrou as diversas lesões pelo corpo, inclusive nos seios, e disse que Valdir Francisco Borges a agrediu porque ele afirmava que ela havia furtado um celular dele.

No entanto, explica Rosely Molina, há muitos ferimentos na garota, alguns deles que indicam a suspeita de violência sexual, e ela será novamente ouvida e serão colhidas informações também do prontuário de atendimento. Médicos e demais testemunhas do caso também serão chamados para depor.

Moradores do Jardim Aeroporto afirmam que houve estupro, assim como muitos que conhecem a vítima e o autor. Ela está internada na Santa Casa desde a quinta-feira (20) e o Valdir desde domingo (23), quando foi espancado e teve a casa danificada. Conforme pessoas que os conhecem, ambos são usuários de droga.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


Usuários de drogas! São farinha do mesmo saco.Se merecem.
 
João Batista em 29/10/2011 01:06:02
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions