A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

22/11/2011 13:19

Delegada ouve depoimento de dois adolescentes envolvimentos em acidente

Paula Vitorino

Os dois são os únicos que não estão internados no hospital. Ao todo, sete adolescentes ocupavam o veículo que capotou

Delegada Maria de Lourdes Cano. (Foto: João Garrigó)Delegada Maria de Lourdes Cano. (Foto: João Garrigó)

Dois adolescentes envolvidos no capotamento de um veículo neste sábado (19) serão ouvidos hoje à tarde pela delegada da Deaij (Delegacia Especializada em Atendimento a Criança e Juventude), Maria de Lourdes Cano.

Os dois meninos são os únicos ocupantes do veículo que não estão internados e por isso serão ouvidos primeiro. Ao todo, sete adolescentes estavam no Honda City que capotou na BR-262, após o motorista perder o controle ao fazer uma curva.

José Eduardo Menegat Tavares Manzione, que completaria 16 anos hoje, morreu ainda no local do acidente e foi sepultado nesta manhã. Os outros quatro ocupantes continuam internados no hospital. Um deles, de 15 anos, estava dirigindo o carro.

De acordo com a delegada, o depoimento dos dois adolescentes será fundamental para esclarecer alguns pontos do caso, como o local para onde eles seguiam e as circunstâncias do acidente.

A Polícia Civil investiga se o motorista ingeriu bebida alcoólica e se estava em velocidade alta. Se as suspeitas forem comprovadas, o adolescente pode ser processado por homicídio por dolo eventual, quando a pessoa assume o risco de matar adotando uma atitude perigosa.

No carro, foram encontradas quatro garrafas de cerveja e um celular com uma mensagem incompleta. O conteúdo da mensagem e quem estava manuseando o aparelho também devem ser esclarecidos após o depoimento dos envolvidos.

A partir de amanhã a delegada começa a ouvir os pais dos sete adolescentes, inclusive a mãe do garoto que estava dirigindo, que também é proprietária do veículo.

A investigação também aguarda os resultados das perícias, incluindo do local do crime e o corpo de delito de José. O prazo é de 10 dias para a perícia, mas a delegada afirma que já pediu para os peritos agilizarem os trabalhos.



Todas as vezes que vejo um acontecimento desses, fico preocupado com a nossa juventude, q estão se matando em virtude dessa desenfreada liberdade q se decipou em nossa sociedade.
Nessa hora não podemos culpar ninguem, pois a culpa e dos proprios jovens q estão sem limites.
Tenho filhos que graças a deus ja passaram por esta idade e foram protegidos de tal violência.Deus abençoe a familia !!
 
Marcelo Left em 22/11/2011 06:15:50
Gostaria de pedir a DEUS que tenha compaixão da familia das vitimas. Infelizmente tem que acontecer algo cruel como está tragédia para que pais tomem consciência de que a lei esta ai e é para ser cumprida. Não conheço a família mas fiquei muito sensibilizada. Sou mãe de 2 adolescentes e estou assustuda com tanta violência que DEUS nos proteja e guarde nossos filhos, só com essa proteção há PAZ.
 
Silvia de OLiveira em 22/11/2011 03:02:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions