A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

09/05/2011 16:13

Desde ontem, presos da Máxima fazem greve de fome em protesto por mais comida

Ana Paula Carvalho

Eles “reclamam” das mudanças na liberação da entrada de comida

Em dia de visita, familiares levam comida para detentos. (Foto: Simão Nogueira)Em dia de visita, familiares levam comida para detentos. (Foto: Simão Nogueira)

Por maior quantidade de comida, presos da Segurança Máxima começaram ontem protesto com greve de fome.

Domingo foi dia de visita na unidade, em Campo Grande. Por ser “Dia das Mães”, a entrada de crianças foi liberada. Para garantir o almoço em família, muitas mulheres acordaram cedo para preparar uma boa refeição, mas ao chegar ao presídio, muitas tiveram que jogar parte da comida fora, isso porque, só era permitido entrar três quilos de alimentos.

O episódio desencadeou uma atitude extrema dos detentos. Após a saída dos visitantes, eles iniciaram uma greve de fome para pedir a liberação da entrada de uma maior quantidade de comida cozida nos dias de visita.

A irmã de um preso que não quis se identificar, disse que eles ficaram revoltados porque a comida não deu para todo mundo. “Só as crianças comeram. Em alguns casos, entraram a mãe e dois filhos e ainda tinha o preso para comer. Era pouca comida para tanta gente, por isso, nós nem almoçamos”, diz.

Segundo a assessoria da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário), apenas alguns internos se recusaram a receber o almoço de hoje como forma de protesto contra as normatizações que o presídio está preparando. Eles disseram que os presos tomaram café da manhã normalmente.

Quanto à quantidade de comida permitida, a Agepen estipulou a entrada de apenas três quilos para evitar “problemas de saúde”, já que muitos internos guardavam o que sobrava e esses restos acabavam estragando.

A Agepen informou ainda, que a direção da Máxima já está tomando as medidas necessárias para solucionar o problema da greve.

Brinquedos feitos por detentos são doados para crianças em escola
Parceria feita entre a a Semed (Secretaria Municipal de Educação) e a Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário) garantiu ne...
Falta de pagamento faz prefeitura suspender hemogramas na rede pública
A falta de pagamento para um fornecedor de insumos fez com que a prefeitura de Campo Grande suspendesse a partir desta quarta-feira (13) a realização...


é ja estao presos agora querem proibir os caras de levarem a propria comida muitos ai falam porq nao passaram por isso ou nao tem nenhum parente que esteja passando pelo mesmo agora queria ver se tivesse algum enti querido passando pela mesma situção pra ver se nao estariam reclamando tambem.
 
ANDERSON RICARDO BENITES em 11/05/2011 10:10:32
Por pensamentos como esses que em vez de diminuir a população carceraria,só está aumentando.Será que é tão dificil para o ser humano entender que se já estão la é para pagarem pelos crimes que cometeram? Se já temos a nossa justiça para julga los e condena los,pq devemos querer julgar,se devem ou não comerem bem? E a questão aqui discutida é sobre a comida que seus familiares estão levando,e não a que está saindo do bolso de cada cidadão que paga seu imposto. Vamos julgar tbm essas familias que estão com seu filhos,maridos presos? pq muitos trabalham,pagam seus impostos,e não podem pagar pelo erro do seu parente preso.Qt a comida que o governo entrega nos presidios,vcs que estão achando ruim,pq não tiram um dia e vai la almoçarem com eles,ai vcs irão descobrir pq a AGEPEN fala em questão de saúde e disperdicio.
 
luisa ferreira em 10/05/2011 12:18:39
esses vagabundos matam, estupram e traficam. teem mais direito wue o trabalhador e uma inversao de valores, trabalhamos e pagamos tanros impostos, esse marginais nao trabalham e nem pagam impostos e sao melhor tratados que nos, é o fim da picada quantos de nos nao tem um marmitem pra trabalhar honestamentw. o governo incen5iva see bandido
 
josé lima martins em 10/05/2011 12:15:23
Na cadeia não é lugar de se fazer piquenique. Querem levar comida pra cela inteira. Leve apenas para a pessoa que vai visitar. Embora muitos possam não acreditar, a alimentação distribuída diariamente aos detentos são desperdiçadas aos montes, ou seja, o dinheiro do contribuinte jogado fora, sem contar o auxílio reclusão que os mesmos recebem, diga-se de passagem, maior que o salário mínimo recebido por um pai de família, isto é, se este não foi a vítima de um assassino que se encontra trancado no presídio e a família da vítima ficando à míngua. E as mães que perderam seus filhos, vítimas de algum presidiário??? Comemoram o Dia das Mães com quem??? Com o túmulo do filho??? Este é o Brasil! Inversão de valores presente e escancarada pra quem quiser ver!!! Viva o Brasil!!!
 
Hugo Pereira em 10/05/2011 07:56:25
Infelizmente a partir do momento que tira a liberdade de qualquer ser humano já é uma punição. Em relação a alimentos é apenas uma vez por semana. Não podemos condenar nenhum ser humano, pois um dia pode ser um de nossos parentes. Ricos não ficam presos, infelizmente.
 
Flavio Guilherme em 09/05/2011 11:17:14
É pelo menos eles tao comendo com a familia mesmo q "pouca comida" e os filhos q muitos desse presos tiraram de suas maes que passaram o dia delas sem poder compartilhar se quer um prato com seu filho! Dexa com fome msm!
 
paulo duarte em 09/05/2011 10:10:20
A normatização do que pode entrar nos presídios do estado vem da AGEPEN e vem sendo discutida com os internos á mais de 3 meses, os internos eram conhecedores do que iria acontecer mas as visitas tentam entrar assim mesmo e a instrução aos funcionários é que as visitas retiram o excesso e guardem fora do Presídio mas para causar tumulto as visitas resolveram jogar no lixo, chamaram a imprensa e acabou nesse tumulto. os internos recebem alimentação de uma empresa terceirizada e tem reclamado do quantitativo o que tem fundamento mas a entrada de alimentos nos Presídios tem que ser diminuida pois a revista na portaria é complicada e quanto menos melhor. 3 kilos de comida pronta fora os outros produtos que são autorizados muitas vezes as visitas nem conseguem carregar. Precisamos de mais equipamentos e estrutura fora a falta de pessoal para o serviço, um Presídio como a Máxima tem quase 1700 presos para plantões com apenas 12 funcionários sendo 2 mulheres, ficamos a mercê da boa vontade dos internos pois se eles quiserem , fica tudo complicado e quem
está trabalhando ainda sofre pressões da mídia, dos internos e do governo que não dá condições e ainda nos premia com 6% de aumento com 21 reais de abono. Brincadeira.
 
Lucki Navajjo em 09/05/2011 08:46:17
Tenho a certeza que os Direitos humanos vai comprar essa briga. Tem que deixar esses bandidos passarem fome, tanto pai de familia que trabalha honestamente e não consegue trazer comida para casa e, esses com pelo menos 3 refeições sem pagarem nada, ainda reclamam e tem muitos que os apoiam.
Teriam que trabalhar, para pagarem suas despesas, no Braisl é ao contrário, quanto mais canalha, bandido, mais se ganha, eles tem um bom saláros para sutentar os filhos que as vezes nem deles são, só para receber do governo a ajuda. Trabalhamos 35 anos para nos aposentar para recebermos uma "bosta" de aposentadoria e, eles or estarempresos é só levar as certidões de nascimento dos filhos. É a inversão de valores, quanto mais bandido, mais tem valor nesse país e, é respeitado.
 
KamélEl Kadri em 09/05/2011 08:43:44
vagabundos tem e mais que passar fome mesmo

so falta os direitos humanos ,querer servir todinho para esses vagabundos e mandar
eles para um hotel cinco estrela...não que comer parabens
vamos mandar essa comido para os carentes que existe nesta cidade..

tomara que esta greve demore bastante,para doarmos essas comidas para os
carentes.
 
antonio alves avelino em 09/05/2011 08:43:37
estamos num Pais democratico, nao ker comer? nao com . da pra quem tem fome, eles estao ali pq cometeram crimes, nao sao anjinhos nao, de pra quem precisa comer, crexes azilos e outras muito mais por ai>>>> O dinheiro publico serndive pra outrs coisas mais importantes nao pra estuprador ladrao criminos baleindido assaltante e outros marginas,,,, faleiiiiiiiiiiiii
 
Paulo gatia em 09/05/2011 08:26:10
Laura......você tinha tudo para ficar quieta......comentário INFELIZ....
CADEIA NÃO É LUGAR DE PIQUE-NIQUE......ELES ESTÃO LÁ PARA PAGAR PENA.....
TEM MUITO LUXO......VISITAS ÍNTIMAS.....E É POR AI QUE ENTRA OS CELULARES, ARMAS, ETC.

AS VISITAS DEVERIAM SER COMO NOS FILMES AMERICANOS, .ATRAVÉS DE UMA PAREDE DE VIDRO E FALAR SOMENTE ATRAVÉS DE TELEFONE.......

SE NÃO QUEREM COMER.......QUE FIQUEM COM FOME....A COMIDA VAI SER SERVIDA...E A COMIDA É MELHOR DO QUE MUITOS PAIS DE FAMÍLIA HONESTOS CONSEGUEM COLOCAR EM SUAS CASAS.....
 
GILMAR CANDIDO em 09/05/2011 07:53:31
O estado já fornece a alimentação de qualidade e de alto custo para o contribuinte. Nós cidadãos de bem não devemos nos preocupar se os marginais estão fazendo greve de fome ou não e isso nem deveria ser divulgado pela mídia por se tratar de assunto sem interesse para a sociedade que paga seus impostos e necessita de mais segurança. Concordo com o Claudinei Braz, pega esta boa comida e distribui para a população carente do Noroeste, pra eles faz falta!
 
george montania em 09/05/2011 07:05:26
Tadinhos dos presos...
Eles estão querendo cinco hotel cinco estrelas...
É nóis que paga a boia deles...com os impostos...
O trabaiador que ganha salário minimo também não consegue enchê a barriga sô...
 
jose rodrigues em 09/05/2011 06:51:12
Esses montros tem e que trabalhar p pagar a alimentacao deles,alias tem muitas pessoas que nao tem nem o que comer.bando de vagabundos!nao vejo a hora do cristiano luna voltar para o convivio deles,e vc vai volta logo!
 
junior celso em 09/05/2011 06:33:32
deixa eles sem comida pega esta comida e leva para as comunidades carentes que temos tao de brincadeira
 
claudinei braz em 09/05/2011 06:18:56
Por mais que esses detentos estão la por ter cometido algum tipo de crime,são cidadão que merece atenção,são por esses simples motivos,que as penitenciarias estão lotadas,comidas a mais naun pode entrar,por serem presos comuns,sem dinheiro,agora quem tem dinheiro cumpre pena em casa,comendo a quantidade que conseguir,assim como esse assasino ,que segundo nossa justiça eficiente,esta esse momento em sua casa com sua familia.
 
laura cristina em 09/05/2011 06:03:17
Larga eles com fome, dicerto estao ali numa colonia de ferias, por ter trabalhado de mais, bando de servegonhas, tem uma vida melhor do q muito trabalhador daqui d fora.
 
Rafael Martins em 09/05/2011 05:00:01
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions